Vítor Maçãs promete um SC Vila Real “ambicioso” na visita ao SC Espinho

O Sport Clube de Vila Real desloca-se no próximo domingo ao reduto do Sporting Clube de Espinho em jogo a contar para a terceira jornada do Campeonato de Portugal Série B.

Na conferência de imprensa de antevisão ao jogo, o treinador Vítor Maçãs prometeu um SC Vila Real “ambicioso” nesta desafio.

“É um adversário especial. Todos nós sabemos o historial que o SC Espinho possui. É um clube que nos merece o máximo de respeito. Mas o SC Vila Real será uma equipa ambiciosa neste jogo. Quero que os meus jogadores joguem nos limites e acreditem até ao fim na vitória.

Neste campeonato os atletas têm que se superar. De jogo para jogo a dificuldade começa aumentar. No último encontro a equipa deu uma resposta positiva e estamos motivados para esta deslocação”, disse o técnico.

Vítor Maçãs aproveitou a conferência de imprensa para salientar que o plantel alvinegro não está fechado. “O nosso objectivo inicial era ter dois jogadores por posição. Mas pessoalmente sou um técnico que gosta de jogadores polivalentes. No plantel do SC Vila Real temos jogadores que podem fazer várias posições. O André Sampaio é um medio-centro de origem mas comigo tem jogado a defesa-direito e estou satisfeito com o seu rendimento. Estamos atentos ao mercado e se surgir uma oportunidade de contratar mais um jogador que acrescente qualidade à equipa não vamos desperdiçar “, referiu.

O treinador do SC Vila Real aproveitou a conferência de imprensa para recordar um antigo colega de profissão: António Jesus.

Os dois treinadores cruzaram-se durante várias épocas nos campeonatos nacionais e vivecinonaram momentos marcantes. António Jesus que faleceu recentemente chegou inclusive a treinar o SC Espinho.

Também na conferência de imprensa esteve presente Cauê. O defesa-esquerdo que foi decisivo na última jornada mostra-se optimista na deslocação ao SC Espinho.

“A nossa equipa tem crescido bastante. Temos um plantel com qualidade e vamos provar isso no jogo frente ao SC Espinho. Foi importante o SC Vila Real ter mantido alguns jogadores do ano passado para criar uma base. Desde que cheguei ao clube tenho sido muito acarinhado. Gosto de viver na cidade e no clube todas as pessoas têm sido fantásticas. Estou adorar a experiência”, destacou o defesa.

Cauê tem 25 anos, é natural de São Paulo, Brasil, e nesta conferência de imprensa salientou que a vinda para o futebol português foi importante. “No Brasil apostam muito no talento. Em Portugal eu sinto que os treinadores procuram tornar os jogadores mais completos. Eu sou defesa-esquerdo e só aprendi a marcar o adversário de forma correta desde que cheguei a Portugal. Estou à quatro anos no futebol português e sinto que tenho melhorado as minhas características “, concluiu.

O SC Vila Real defronta o SC Espinho no próximo domingo, às 17 horas, para a terceira jornada do Campeonato de Portugal.

CP: Lesão grave afasta Néne dos relvados nos próximos meses
CP (Série A): Pedras Salgadas perde com líder Vizela

Conteúdo relacionado

Menu