Vila-realense Luís Castro leva Shakhtar Donetsk à conquista do ‘tetra’

O Shakhtar Donetsk, do técnico vila-realense Luís Castro, sagrou-se campeão de futebol da Ucrânia pela 13.ª vez, quarta consecutiva, depois de vencer o Oleksandriya, por 3-2, na 27.ª jornada, quinta da fase de campeão.

Os brasileiros Taison, aos 13 minutos, de grande penalidade, e Tite, aos 60 e 78, fizeram os golos da formação de Donetsk, enquanto Banada, aos 48, e Tretyakov, aos 51 de penálti, marcaram para os forasteiros.

Com este triunfo, a equipa de Luís Castro passou a somar 71 pontos, mais 19 que o Dínamo Kiev, segundo, que já tem possibilidade de poder alcançar o primeiro lugar.

No Estádio Olímpico de Kiev, a um triunfo do título, o jogo até começou bem para o Shakhtar, que logo aos 13 minutos colocou-se em vantagem, com uma grande penalidade de Taison, mas os festejos ficaram em risco, depois de um arranque de segunda parte desastroso.

O Oleksandriya, quinto classificado da prova, refez a igualdade aos 48, por Banada, e Tretyakov, aos 51, de penálti, voltou a bater o guarda-redes Pyatov e consumou a inesperada reviravolta.

Pouco depois, Luís Castro lançou o avançado Tete na partida e o brasileiro de apenas 20 anos acabou por ser determinante no jogo do título. Aos 60, voltou a empatar a partida, com assistência da Taison, e, aos 78, deu a vitória à equipa do técnico vila-realense.

Menu