Vila Real-Salgueiros, 0-1: Fonseca desfez um nulo que seria justo

O SC Vila Real não conseguiu amealhar qualquer ponto na receção ao Salgueiros, em jogo da 16ª jornada, da Série C, do Campeonato de Portugal. O equilíbrio e as poucas oportunidades de golo foram a nota dominante de um encontro decidido, já nos minutos finais, num lance de bola parada. Rúben Fonseca foi o autor da proeza, num golo contestado pela equipa da casa.

O sol brilhou no Campo do Calvário, no entanto as duas equipas estiveram um pouco apagadas ao longo da partida. Ainda assim, a turma alivinegra apresentou uma ligeira superioridade na primeira parte. Logo no quarto de hora inicial, Ivanildo criou perigo com dois remates de cabeça, um para boa defesa de Bruno Pinto e outro que passou ao lado do poste.

Um início prometedor mas que acabou por ser uma falsa promessa pois até ao intervalo não houve qualquer outro lance de perigo juntos de ambas as balizas. O Vila Real parecia curto no ataque e a turma Salgueirista era incapaz de penetrar na organizada defesa a 5 do conjunto transmontano.

Entrou melhor o Salgueiros na segunda metade. Aos 50 minutos, João Vitor teve nos pés a oportunidade de inaugurar o marcador. Após uma boa jogada e cruzamento de Miguel Pereira, a bola sobrou para o nº9 encarnado, este atirou forte mas por cima da trave.

O jogo continuou muito disputado mas sem reais oportunidades de golo. Ia-se arrastando e adivinhava-se o empate, até que aos 87 minutos surgiu o golo da vitória forasteira construído por homens que haviam saído do banco. Depois de um pontapé de canto batido por Rúben Alves, Nuno Silva ainda defendeu a cabeçada de Grinood mas nada pôde fazer na recarga de Ruben Fonseca. Os da casa ainda protestaram por um eventual fora de jogo mas o golo foi validado e ditou o resultado final.

Com esta derrota, a equipa de Nuno Barbosa foi ultrapassada pelo conjunto portuense e é agora a nona classificada com 9 pontos. Já o conjunto de Rui Quinta soma 10 pontos e sobe, então, ao oitavo lugar.

Texto e foto: Hugo Pires

VILA REAL – SALGUEIROS, 0-1

SC Vila Real: Nuno Silva, Gustavo, Pedro Eira, Carlos Mendes, Sergiy, Zé Pedro (Eirô, 88), Óscar, Gonçalo Paixão (Bruno, 68), André Azevedo (Diogo Paixão, 88), Ivanildo, Ivo Lucas (Zé Mota, 68).

Treinador: Nuno Barbosa

SC Salgueiros: Bruno Pinto, Tiago Palancha, Nathan Oliveira, Braga, João Vítor (Grinood, 76), Miguel Pereira, Nandinho, Tarcísio (Rúben Alves, 76), Zé Domingos (Rúben Fonseca, 36), Yannick Semedo, Stanley (Paulo Monteiro, 89).

Treinador: Rui Quinta

Local: Campo do Calvário, Vila Real.

Árbitro: João Afonso (AF Bragança).

Ao intervalo: 0-0.

Golo: 0-1, Rúben Fonseca (86).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Tarcísio (28), Zé Pedro (42), Ivo Lucas (54) e Yannick Semedo (55).

Menu