“Urban Fit” contempla CERCIMONT

A Cooperativa de Educação e Reabilitação de Cidadãos Inadaptados de Montalegre (Cercimont) recebeu um cheque, no valor de 300 euros, correspondente a uma parte das receitas obtidas pela organização da prova desportiva “Montalegre Urban Fit”. A quantia vai reverter a favor dos projetos desta instituição que apoia pessoas com deficiência. O momento foi testemunhado pela vereadora da Ação Social do município, Fátima Fernandes.

Como oportunamente noticiamos, no início deste mês, a capital do Barroso recebeu, pela primeira vez, o evento desportivo Montalegre Urban Fit. Uma prova que combinou corrida com obstáculos urbanos. Organizada pela empresa Urban Fit Race, apresentou um caráter solidário de apoio à Cooperativa de Educação e Reabilitação de Cidadãos Inadaptados de Montalegre (Cercimont). Recentemente, nas instalações da instituição de solidariedade social, decorreu o ato de entrega do cheque, no valor de 300 euros, correspondente a uma parte das receitas obtidas.

“Boa prática”

No ato da entrega, Fátima Fernandes, vereadora responsável pela pasta da Ação Social do município de Montalegre, lembrou «que é uma boa prática desenvolvida pelas várias organizações desportivas que passam por Montalegre», ao mesmo tempo que aproveitou o ensejo para agradecer o gesto «que aliou a prática desportiva a uma prática ainda muito mais salutar que é ter princípios e valores».

Por sua vez, Alfredo Vieira, diretor do evento, explicou que «ajudar instituições de solidariedade é sempre um dos objetivos da organização». O responsável refere que aproveitou «para conhecer o trabalho desenvolvido pela Cercimont» porque «é fundamental ajudar quem mais precisa». Para Sandra Batista, diretora técnica da Cercimont, estes donativos «são sempre muito importantes e bem-vindos porque as necessidades são sempre muitas». É uma oferta que provém de uma atividade desportiva «algo que estamos, também, a desenvolver e a incutir aos nossos utentes». Na próxima prova «teremos uma participação ativa, com funcionários e cooperantes na defesa de uma organização que nos é tão querida», concluiu.