UFC Barqueiros quer repetir vitória na Taça Distrital de Futsal Masculino

O União Futebol Clube de Barqueiros (UFCB) prepara-se para estar presente pelo quinto ano consecutivo na final-four da Taça Distrital de Futsal Sénior Masculino da Associação de Futebol de Vila Real, que já ganhou na época de 2017/18. No próximo sábado, dia 19 de março, o clube mesão-friense vai defrontar o HC Flaviense nas meias-finais da competição. Se ganhar, defrontará o vencedor do jogo entre o ADC de Constantim e a Casa do Benfica de Vila Pouca de Aguiar, no dia seguinte, na final que decidirá o vencedor da Taça.

Filipe Sá, presidente do clube, recordou a vitória da época 2017/18, para expressar a vontade de repetir este grande momento da história do clube, até porque encontra paralelismos entre o que aconteceu nessa final-four e o que a equipa vai encontrar este fim de semana: ”Mais que a final, foi decisiva a meia-final. Tal como vai acontecer agora, defrontamos o primeiro classificado destacado da fase regular. Ainda por cima, a final-four desse ano decorreu no pavilhão do nosso adversário da meia-final, onde tinham ganho todos os jogos nessa temporada. Essa história dá-nos esperança na repetição do título, porque o HC Flaviense, clube que vamos defrontar no sábado, foi o primeiro classificado da época regular do campeonato e o único jogo que perdeu em casa foi connosco”, disse Filipe Sá, recordando a vitória por 8-2 em Chaves.

O UFC Barqueiros tem tido uma época de sucesso neste ano pós-pandemia, juntando um terceiro lugar na época regular do campeonato distrital, à presença na final-four da Taça. De qualquer forma, o início de temporada não foi nada fácil, e o treinador Artur Marcelino recordou o momento em que, após tês derrotas nos três primeiros jogos da época, a equipa reuniu-se e comprometeu-se em dar a volta ao que se estava a passar: “A reviravolta começou com um treino em que só conversamos uns com os outros. Foi importante conversarmos sobre o que se estava a passar e dizermos uns aos outros o que queríamos da nossa época. Foi aí que se deu o clique de irmos atrás do que sempre queremos: vitórias nos jogos e títulos na temporada.” Depois desse treino falado, a equipa só perdeu mais dois jogos na temporada e chegou a ter uma série de nove vitórias consecutivas.

Artur Marcelino está há três anos no clube e é já o treinador com mais jogos e vitórias na história do UFC Barqueiros. Nesta passagem pelo clube do concelho de Mesão Frio, o treinador transmontano impôs uma filosofia e um estilo de jogo: “A nossa vontade não é pensar na forma de jogar dos nossos adversários em cada jogo. Queremos é impor uma forma de jogar própria, um modelo de jogo que é o nosso. Queremos obrigar os adversários a pensar em nós! E a temer-nos! E isso também mexe com os nossos adeptos, porque esta é uma equipa que dá gosto ver jogar.”

Tanto o presidente do clube, Filipe Sá, como o treinador, Artur Marcelino, destacaram o papel e o empenho dos adeptos no sucesso da equipa. Sobretudo em casa, mas também nos jogos fora, o UFC Barqueiros mobiliza muitas pessoas para os pavilhões do campeonato distrital e a força que vem das bancadas tem-se revelado decisiva em alguns encontros mais disputados.
É isso que o UFC Barqueiros espera também já no próximo sábado! Só assim será possível estar presente na final de domingo, repetir a história de 2018 e trazer o título para a freguesia de Barqueiros e para o concelho de Mesão Frio.

O treinador sabe o que é preciso para superar o adversário de sábado e vencer pela segunda vez na história do clube a Taça: “Com a ajuda dos nossos adeptos e o saber jogar dos nossos atletas, só temos que estar concentrados e impor o nosso modelo de jogo.”

A meia-final discute-se então no próximo sábado, às 19 horas, no Pavilhão Municipal dos Desportos de Vila Real e a final será à mesma hora do dia seguinte.

Fonte: Município Mesão Frio

Menu