Ténis de Mesa: Igor Kyrychenko do Club de Vila Real é Campeão regional

IO Club de Vila Real deslocou-se no dia 20 de Abril a Mirandela, para disputar os Campeonatos Regionais Individuais, em todas as classes.

Apresentando atletas da classe de iniciados até à classe de seniores, o CLUB teve mais de 30 atletas a participar, número só ultrapassado pelo CTM Mirandela, um dos maiores e melhores clubes nacionais de ténis de mesa.

A representação do CLUB ficou completa pela enorme claque que acompanhava os atletas e que não arredou pé enquanto não terminou a última partida dos atletas vilarealenses do CLUB.

Num grupo tão alargado, foram inúmeros os jogos e muitas as participações de alto nível, deixando antever uma escola de formação, do CLUB de VILA REAL a trabalhar em pleno para o sucesso do ténis de mesa.

O destaque da participação do CLUB de Vila Real foi o grande número de atletas que se estrearam num Campeonato Regional.

Em iniciados o CLUB foi o único que se impôs quer em femininos quer em masculinos, obtendo nas duas categorias o terceiro e o segundo lugar, respectivamente.

Guilherme Alvadia em masculinos chegou à final, num jogo onde mostrou que apesar de estar no ténis de mesa apenas há 2 anos, ao contrário do seu adversário que joga há 5 anos, não era percetível quem tinha mais experiência. Acabou a vitória por sorrir ao adversário, sagrando-se o atleta do CLUB, o Guilherme Alvadia, Vice-Campeão Regional.

Soraia Fernandes, em iniciados femininos conseguiu-se intrometer entre a armada Mirandelense e chegar às meias finais, acabando por perder essa partida, mas obtendo o 3º lugar do pódio.

Em infantis o CLUB teve uma participação mais modesta, num escalão dominado pelo Mirandela.

Em Juniores, Fernanda Esteves e Carolina Rocha conseguiram a passagem aos mapas finais. A Fernanda conseguiu chegar às meias finais, acabando no 3º lugar do pódio e a Carolina ainda logrou alcançar a final. Na partida final a jogadora do Mirandela, mais experiente, acabou por vencer a partida, sagrando-se a vilarealense do CLUB de VILA REAL, Vice-Campeã Regional.

Em juniores masculinos, o CLUB de VILA REAL teve inúmeras ausências, fruto de uma data pouco feliz para a organização deste tipo de provas, sendo o Rui Catarino a melhor referencia, mas que não conseguiu alcançar o pódio.

Em seniores masculinos, João Almeida mesmo vencendo a última partida não conseguiu melhor que o 4º lugar, uma posição muito importante para um atleta que chegou esta época ao CLUB e não tem tido possibilidade de treinar de forma consistente fruto das obrigações escolares.

A prova de femininos não se realizou por não terem existido inscritos.

Por último, o escalão de Cadetes trouxe o brindo para o CLUB. Se o dia de provas estava a correr de forma positiva, no escalão de cadetes femininos, Adriana Friães esteve em muito bom plano, conseguindo a passagem aos mapas finais, até chegar à meia final. Nesta fase, apesar de não ter alcançado a final, o 3º lugar alcançado foi merecido, numa prova ganha, mais uma vez por Mirandela.

Nos masculinos Rafael Friães e Igor Kyrychenko destacaram-se pelo CLUB de VILA REAL, alcançando as meias finais da prova. O Rafael viria a perder a meia final, num jogo muito bem disputado, conseguindo o 3º lugar do pódio. Já o Igor foi derrotando todos os adversários até à final, que acabou por disputar de forma muito concentrado e com ténis de mesa de muito bom nível, concentrando mesmo as atenções do pavilhão. O atleta do CLUB conseguiu impor-se e bateu o adversário, naquela que foi a última partida/jogo destes Campeonatos. O Igor sagrou-se deste modo o Campeão Regional Individual 2018/2019.

A participação do CLUB saldou-se deste modo como muito produtiva, um grupo de atletas que manteve o espirito de grupo até final, pois apesar da data (véspera de páscoa) não ser a mais atrativa para estar num pavilhão um dia inteiro, os atletas mais novos, os estreantes, e perto de 2 dezenas, ficaram até final, ajudando muitas vezes na arbitragem que faltou neste Campeonato, aliás foram os atletas do CLUB que asseguraram a grande maioria das arbitragens, à falta de árbitros oficiais.

Acompanhando os atletas do CLUB a claque encheu o pavilhão da Reginorte e fez a festa no final, um grupo que se destacou pelo numero e pelo apoio que deu, num pavilhão adequado e dedicado para a prática do ténis de mesa, gerido pelo CTM de Mirandela, um dos principais clubes de ténis de mesa nacionais e que mostra que sem condições semelhantes será muito difícil aos clubes de vila real alcançarem o mesmo sucesso, apesar do CLUB de VILA REAL se impor como principal escola de formação de ténis de mesa em Vila Real, comprovado pela grande quantidade de atletas que frequentam esta escola, rivalizando com Mirandela, mas as condições de treino e financeiras acabam por ditar a diferença que só não é maior pelo empenho e trabalho de treinadores como os treinadores do CLUB de VILA REAL, Helena Pinto e Pedro Honrado e o apoio dos pais dos atletas.

Menu