Será o Andebol Feminino Português capaz de entrar também na elite mundial?

A seleção nacional de andebol de seniores femininos, vai receber no próximo sábado, dia 17 de abril, no Luso – Mealhada, a forte seleção da Alemanha. Este será o seu adversário no play-off para o campeonato do mundo, que de 1 a 19 de dezembro do presente ano se vai disputar em Espanha. Mesmo que a Alemanha não se avizinhe tarefa fácil, muito pelo contrário, Portugal caso consiga ultrapassar este obstáculo seria uma estreia em fases finais do campeonato do mundo. Já as germânicas classificaram-se no 8º lugar no último mundial (2019) e em 7º lugar no europeu, que terminou em dezembro último. Envoltas no grande momento do andebol português, as comandadas de Ulisses Pereira, tentarão seguir o exemplo masculino e guindarem-se para outros voos. O facto de termos cada vez mais atletas a jogar fora do país e um domínio mais repartido, logo com maior competitividade no nosso campeonato, levar-nos-á, estou certo, a outros objetivos. Também no feminino, eu acredito.

Prova do cada vez maior mediatismo do andebol no nosso país será o facto do Canal 11, propriedade da Federação Portuguesa de Futebol, ir transmitir os dois jogos do play-off, a 17 e a 20 de abril, tornando-se assim o andebol a primeira modalidade a ter honras de transmissão no canal do futebol, depois de naturalmente o futebol, futsal e futebol de praia.

Para o líder da FPF, Fernando Gomes “O trabalho conjunto entre as outras federações é imprescindível para o desenvolvimento do desporto em Portugal e isso tem sido especialmente visível durante esta pandemia que tantas dificuldades criou a todos. Sabemos o papel crucial que esta cooperação pode proporcionar e a força social que as modalidades em causa têm na nossa sociedade. A FPF está convencida que a promoção do desporto feminino é um forte potenciador da igualdade de género e é nesta forma de pensar que se insere a transmissão do jogo entre as seleções femininas de andebol de Portugal e da Alemanha”. Para o presidente da Federação de Andebol de Portugal, Miguel Laranjeiro “a transmissão do jogo frente à Alemanha é um primeiro passo, de vários momentos que estou certo, ocorrerão no futuro”

FC Porto eliminado da Liga dos Campeões

Infelizmente não se confirmaram as minhas expetativas, e o FC Porto viu-se eliminado da Liga dos Campeões, perdendo com os dinamarqueses do Aalborg por 27/24, depois de ter vencido em casa por 32/29. Registando-se a mesma diferença de 3 golos para cada umas das equipas, a eliminatória decidiu-se a favor dos dinamarqueses pelo maior número de golos marcados fora de casa. O jogo foi “atípico”, com poucos golos na primeira parte, mas onde o FC Porto comandou a maior parte do tempo, muito fruto da majestosa primeira parte do guarda-redes portista Nikola Mitrevski, mesmo que acabando a primeira parte a perder por 10/9.

Na segunda parte a toada foi-se mantendo, mas com maior domínio nórdico, acabando por o jogo mas, principalmente a eliminatória, ficar para resolver nos últimos lances. Aí a frieza nórdica acabou por vencer, tendo o FC Porto desperdiçado nos últimos minutos um livre de 7 metros e um último remate da ponta, que lhe dariam o apuramento.

Os dinamarqueses, não sendo melhores do que o FC Porto, acabaram por seguir em frente para os quartos de final, deixando um “amargo de boca” nos portistas, por terem sem dúvida, podido seguir em frente.

Adriano Tavares (Presidente Associação de Andebol de Vila Real)

Menu