SC Régua sagra-se campeão da Taça AFVR

O SC Régua é o vencedor da Taça AFVR, numa final realizada no Estádio do Monte da Forca, em Vila Real, neste domingo de manhã. O jogo teve transmissão no Canal 11 da Federação Portuguesa de Futebol (FPF). Este encontro, o último da temporada 2020/2021, teve direito a público nas bancadas, com os adeptos a respeitarem as normas da Direção-Geral da Saúde (DGS).

A vitória da formação reguense começou a construir-se logo ao minuto 6, com João Nuno a aproveitar uma brecha na defensiva adversária, para adiantar a sua equipa no marcador. O feito repetiu-se, antes do final da primeira parte, depois de outra falha defensiva, desta vez por Leandro, que abriu caminho ao cruzamento de Coutinho, para um golo fácil de João Nuno, a bisar na partida. A goelada consumou-se aos 60 minutos, por André Coutinho, num livre direto, descaído do lado esquerdo, uma espécie de canto de “mangas arregaçadas”, a resultar em golo.

O GD Cerva, com poucos argumentos para suster as investidas dos reguenses, foi aguentando a pressão até ao final, sem dispor de claras oportunidades de golo. A Taça foi entregue ao justo vencedor, que consegue um lugar na Taça de Portugal, na próxima temporada.

A arbitragem foi serena de Carlos Teixeira.

Texto por: Filipe Ribeiro

Ficha de jogo:

Régua: Francisco Ferraz, Miguel Morais (Francisco, 87), João Mário, Dani Mendes, Caio, Diogo Seminário, Luisinho (Carlos Silva, 81), Quinzinho (Marquinhos, 66), Montenegro (Paulo Machado, 66), João Nuno (Rodrigo, 87) e André Coutinho (Zé Roberto, 87)

Treinador: Flávio Fonseca

Cerva: Francês, Mário Oliveira (Pedro Silva, 50), Cubillas, Leandro Machado, Beijinhos, Danny, Jonas (Gonçalo Almeida, 62), Fábio Carvalho e Trovoada (Barraca, 26)

Treinador: Jorge Campos

Estádio do Monte da Forca, Vila Real

Árbitro: Carlos Teixeira

Assistentes: Vítor Silva e André Gomes

Ao intervalo: 2-0

Golos: João Nuno (6 e 42) e André Coutinho (60)

Amarelos: Barraca (40), Cabillas (66), Leandro (70), Marquinhos (70), Pedro Silva (71)

Menu