Rafael Lobato está de regresso à competição em Braga com a Kia GT Cup 2020

Motores

Rafael Lobato está de regresso ao convívio da velocidade nacional, através da Kia GT Cup 2020, competição que se vai disputar com os Kia Ceed GT preparados pela CRM Motorsport.

Afastado das pistas desde 2018, o piloto campeão de Ralicross (Iniciados) em 2011 e 2012 e Campeonato Nacional de Velocidade, categoria CN, em 2014, vai cumprir a estreia na competição no Circuito Vasco Sameiro, em Braga, nos próximos dias 12 e 13 de setembro.

O piloto de Vila Real, já possui um alongado palmarés na Velocidade nacional, sendo um dos talentos do desporto automóvel português que esteve parado em 2019 devido à ausência de projetos e de patrocinadores.

Foi colecionando vitórias nas corridas virtuais em 2020, aproveitando o confinamento provocado pela pandemia de Covid-19, mas o desejo de regressar ao volante era demasiado forte e Rafael Lobato e a sua equipa tudo fizeram para encontrar um projeto para o regresso.

O projeto possível para que Rafael Lobato pudesse cumprir o regresso ás pistas foi a competição monomarca criada pela CRM Motorsport e pela Kia Portugal, o Kia GT Cup 2020.

Depois do passo em falso no Autódromo Internacional do Algarve (AIA), Rafael Lobato vai iniciar a temporada 2020 no Circuito Vasco Sameiro já no próximo fim de semana e, como sempre sucedeu na sua carreira, com total compromisso com a vitória, contando com o apoio da Speedy Motorsport.

Rafael Lobato estará em ação no dia de sábado (12 de setembro) às 09.40 horas para um treino privado de adaptação de piloto e carro á pista de Braga, cumprirá as duas sessões de treinos livres a partir das 12.25 horas e as duas sessões cronometradas a partir das 16.15 horas. A primeira corrida será disputada no domingo (13 de setembro) às 10.00 horas, fechando a sua participação no ANPAC Racing Weekend de Braga às 14.30 horas com a segunda corrida da Kia GT Cup 2020.

Rafael Lobato confessa “que estava a sentir a ausência das pistas, pois a competição virtual é muito interessante, mas não é propriamente a mesma coisa”. O piloto refere ainda que “a pandemia veio causar alguma atrapalhação a todos os projetos e a época acabará por ser curta com apenas três eventos. Porém, encaro esta temporada atípica como rampa de lançamento para 2021, onde espero poder consolidar o projeto ou partir para outra realidade. Como sempre, vou estar comprometido a 100% com a vitória respeitando os meus adversários, muitos deles cheios de experiência e palmarés recheados de vitórias e títulos.”

Menu