Quem fica e quem desce no Campeonato de Portugal

A fase regular do Campeonato de Portugal terminou neste domingo. A última jornada, das várias séries, ditou várias subidas e descidas no que toca às equipas transmontanas.

Mas vamos a contas: Montalegre e Mirandela, ambos da série A, conseguiram o apuramento para a fase de acesso à Liga 3, com o 3º e 4º lugar, respetivamente.

Juventude de Pedras Salgadas (série A) e SC Vila Real (série C) cumpriram os objetivos da época e conseguiram, ambos, a manutenção no Campeonato de Portugal. Para o Pedras, um empate a duas bolas, em casa, frente ao Cerveira, bastou para alcançar a manutenção. Já o SC Vila Real, foi a Pedras Rubras derrubar o adversário direto.

Pior sorte tiveram Vidago, Bragança, Vimioso, da série A, e Mondinense, da série B, que ficaram nos últimos lugares e carimbaram a descida aos distritais. O Vidago tinha que vencer, em casa, o Montalegre, e ainda dependia de terceiros. No fim do jogo, o Montalegre levou a melhor e segurou o 3º lugar. Bragança, Vimioso e Mondinense já tinham os seus destinos traçados, à partida para esta última jornada.

Assim, das oito equipas que iniciaram o Campeonato de Portugal, época 2020/2021, quatro conseguiram manter-se nos nacionais e outras quatro foram relegadas aos distritais.

De referir que o Juventude de Pedras Salgadas conseguiu a 8ª manutenção consecutiva (participou em todas as edições do Campeonato de Portugal, desde o seu lançamento, em 2013/2014) e o CDC Montalegre, com 38 pontos e o 3º lugar da série A, foi a melhor equipa transmontana em prova.

Menu