Pedras Salgadas vence dérbi e segue em frente na Taça de Portugal

Equipa da rainha das termas segue em frente na Taça de Portugal ao vencer dérbi aguiarense, por 3-1.

A 1ª Eliminatória da Taça de Portugal da temporada 2019/2020 proporcionou um dérbi aguiarense, que opôs o Juventude de Pedras Salgadas ao Sport Clube de Vila Pouca de Aguiar, num jogo disputado este domingo, no Estádio da Portelinha em Pedras Salgadas.

O Juventude de Pedras Salgadas triunfou por 3-1, numa tarde histórica, visto que foi o primeiro dérbi entre estas duas equipas na história da Taça de Portugal e o encontro foi renhido com as duas formações a proporcionarem momentos de bom futebol.

Nos primeiros 35 minutos, o encontro foi equilibrado, com a turma de Tiago Pinto a não acusar a falta de ritmo competitivo, jogando de igual para igual frente a um adversário de escalão superior e que realizava o quarto jogo oficial da temporada, todavia as oportunidades de golo só surgiram nos últimos 10 minutos da 1ª parte e foram para a equipa da casa que acabaria por chegar ao 1-0 por Pedro Silva, num golo de fora da área ao “cair do pano” do primeiro periodo.

No início da etapa complementa, a turma termal entrou forte em contraste com um Vila Pouca algo apático. O segundo golo da equipa da casa surgiu outra vez por Pedro Silva que bisou colocando assim a equipa de Ricardo Teixeira a vencer por 2-0, após cruzamento do lado direito do ataque.

A turma da casa chegou ao 3-0 por Ruca e o jogo parecia correr de feição mas os visitantes reduziram de penálti, por Miguel Teixeira.

A partir daí a equipa visitante cresceu e apostou em passes em profundidade para colocar em apuros a turma da casa, que se desconcentrou em alguns momentos.

Aos 68 minutos, a turma de Tiago Pinto, voltou a marcar por Luís Lopes mas o golo acabou por ser anulado por fora de jogo. Aos 87`, Paulo Martins foi expulso por acumulação de amarelos, deixando a turma da capital do granito reduzida a 10 elementos.    

Destaque ainda para a equipa de arbitragem, liderada por Fábio Loureiro da A. F. Viseu que realizou uma arbitragem algo polémica, pois deixou por sancionar várias entradas duras de ambas as partes, tendo mostrado cinco amarelos, sendo que o golo anulado ao SCVPA gerou alguns protestos por parte da equipa visitante. 

Jorge Moutinho

FICHA DO JOGO

Pedras Salgadas 3-1 Vila Pouca

Estádio da Portelinha, Pedras Salgadas

Árbitro: Fábio Loureiro (AF Viseu)

Pedras Salgadas: Rui Capela, Musa, David, Rui Rampa, Assis, Pedro Silva, Ruca (Diogo Lopes, 66), Marcelo, Rafa, Fábio Carvalho e Diallo (Sardinha, 62)

Treinador: Ricardo Teixeira

Vila Pouca: Nuno Silva, Pedrinho, Márcio Silva, Paulo Martins, Simão Freitas, Filipe Silva, Rui Jorge, Clayton Quiaque (Pedro Vítor, 65), Miguel Teixeira, Duarte Paço (Baralhó, 45) e Clayton (Luís Lopes, 45)

Treinador: Tiago Pinto

Ao intervalo: 1-0

Golos: 1-0 Pedro Silva (45); 2-0 Pedro Silva (51); 3-0 Ruca (63); 3-1 Miguel Teixeira (68 pen.)

Ação disciplinar: cartão amarelo a Pedrinho (30), Musa (69), Sardinha (76) e Paulo Martins (80 e 87)

Cartão vermelho (acumulação) a Paulo Martins (87).

AFVR (Divisão de Honra): Resultados e marcadores da 1ª jornada
Montalegre vence e passa à 2ª eliminatória da Taça de Portugal

Conteúdo relacionado

Menu