Bruno Fernandes faz história

Bruno Fernandes continua a surpreender tudo e todos na Premier League. O médio do Manchester United recebeu o prémio de melhor jogador de dezembro, distinção mensal que lhe foi entregue pela quarta vez no último ano – fevereiro, junho e novembro -, feito inédito na história da prova durante o mesmo ano civil.

O jogador iguala ainda Cristiano Ronaldo no mesmo número de eleições (quatro), mas concretiza o passo em muito menos tempo que CR7, que precisou de seis anos.

“Um mês em cheio, com três golos e quatro assistências. É perfeito marcar e assistir os companheiros. Quero conquistar mais troféus, prémios e estou feliz por fazer história”, disse o médio, em declarações ao site da Liga inglesa. O internacional português arrancou o mês a assistir Pogba na reviravolta com o West Ham e bisou, além de assinar um passe letal na goleada ao Leeds (6-2). Leicester e Wolverhampton também viram a sua magia: golo e mais duas assistências.

Nas vésperas do jogo em que defende a liderança frente ao Liverpool – segundo classificado -, em Anfield, Bruno Fernandes mantém um discurso ponderado: “Há ainda um longo caminho antes de podermos começar a falar sobre sermos campeões. Enfrentamos uma das melhores equipas e Inglaterra e sabemos o que o que isso significa para os fãs. Mas o principal objetivo é o mesmo, ou seja, os três pontos.”

A manter o nível exibicional, Bruno Fernandes pode bem escalar o topo da montanha e tornar-se no jogador com mais troféus de atleta do mês de sempre na Premier League. À frente já só surgem, cinco nomes: Van Persie (Arsenal( e M. United) e Rooney (Everton e M.United) com cinco, Harry Kane (Tottenham) e Gerard (Liverpool) com seis, e Aguero (City), com sete.

Orlando Fernandes (Jornalista)

Menu