O que vai mudar nas regras do futebol a partir de 1 de julho

Decorreu sábado, 2 de março de 2019 a 133º reunião anual da International Football Association Board (IFAB), em Aberdeen, na Escócia, onde foram definidas algumas alterações às regras do futebol, que vao entrar em vigor no dia 1 de julho.

A primeira regra apresentada é referente aos lances de mão na bola, com a organização a querer «mais precisão e detalhe» sobre este lance específico. A partir de julho, um golo marcado diretamente com a mão, mesmo que acidental, ou a criação de um lance de golo nas mesmas condições, vão deixar de ser permitidos.

Nas substituições, os jogadores terão de deixar o campo pela zona mais próxima nas substituições. Os treinadores vão voltar a ser admoestados com cartões (amarelo e vermelho)

Outras das alterações vão impedir os jogadores da equipa que bate um livre direto de estarem juntos da barreira. Nas bolas paradas, também vai passar a ser permitido que a bola não deixe a grande área num pontapé de baliza ou num livre no interior da área.

Em alguns casos, quando a bola embater no árbitro, vai ser atribuída bola ao chão. Por fim, os guarda-redes vão passar a precisar de ter apenas um pé na linha de baliza na defesa de grandes penalidades, ao contrário da lei antiga, que obrigava os guardiões a manterem-se na linha

CP (Série A): Montalegre com vitória caseira frente ao Limianos
AFVR (Taça-Meias finais) : marcha do marcador (em direto)

Conteúdo relacionado

Menu