Natação: GCVR encerra época com quatro medalhas


O Ginásio Clube Vila Real (GCVR) encerrou a época 2020/2021 com a participação nos Campeonatos Nacionais de Juvenis e Absolutos de Portugal – OPEN, competição que teve lugar no Complexo do Jamor entre entre 30 de julho e 1 de agosto e na qual estiveram presentes 609 nadadores em representação de 110 clubes. Da parte do GCVR competiram cinco atletas – Ana Margarida Guedes, Ana Sofia Leite, Carolina Eira, Francisco Afonso e Herman Kovalchuk – que conquistaram quatro medalhas, deixando o GCVR no 8º lugar do medalheiro em Absolutos, e várias classificações de destaque.

O grande destaque do GCVR vai para Ana Margarida Guedes que se sagrou Campeã Nacional Absoluta nas provas de 50 e 100 metros Mariposa, com as marcas de 26.72 e 1.00.15, respetivamente. A nadadora vila-realense deixa assim um registo impressionante ligado à prova de 50 metros Mariposa, vencendo a prova em todas as competições nacionais e internacionais em que participou ao longo da época 2020/2021 e batendo o recorde nacional absoluto tanto em piscina curta como em piscina longa. A nadadora do GCVR sagrou-se ainda Vice-Campeã Nacional Absoluta na prova dos 50 Livres, foi 3ª nos 50 Costas e 8ª nos 50 Bruços.

Francisco Afonso também esteve em excelente plano ao ser o melhor atleta Júnior na prova de 50 Bruços e 13º absoluto, sendo ainda o 5º melhor júnior nos 100 Bruços e 17º absoluto. Carolina Eira, por seu lado, foi a 3ª melhor júnior e 8ª absoluta nas provas de 100 e 200 Costas, sendo ainda 11ª nos 50 Costas, 21ª nos 200 Livres e 24ª nos 100 Livres.

De destacar Ana Sofia Leite, que voltou às competições nacionais após uma interrupção de 3 anos, sendo 9ª nos 50 Costas e 12ª nos 100 Costas, enquanto que Herman Kovalchuk foi 34º nos 100 Costas naquela que foi a sua estreia em Campeonatos Nacionais de Juvenis.

A equipa de competição do GCVR termina assim da melhor forma a época 2020/2021 que, apesar das restrições provocadas pela pandemia, contou com vários títulos, recordes e resultados de destaque que muito orgulham o clube e a cidade, e que são o reflexo do excelente trabalho realizado pelos atletas e do constante empenho do clube na formação de atletas que permitiram ultrapassar os muitos obstáculos que os tempos atuais causaram.

Fica o agradecimento à Câmara Municipal de Vila Real pelo seu apoio ao longo da época e pela constante disponibilidade na procura de soluções para que o GCVR e seus atletas pudessem continuar a desenvolver o seu trabalho, e um agradecimento ao NERVIR pela cedência da carrinha para a deslocação a estes Campeonatos.

Por Luís Pinto

Menu