Movimento “Unidos seremos mais fortes” critica actual treinador do SC Régua

O movimento “Unidos seremos mais fortes”, que se propõe ser alternativa à atual direcção do Sport Clube da Régua, teceu duras críticas ao atual treinador da equipa sénior, Paulo Ferreira.

Numa publicação na página do movimento no Facebook, onde está disponível, inclusive, uma entrevista de Paulo Ferreira, quando ainda era treinador do FC Santa Marta, o movimento acusa o técnico reguense de criticar a estrutura. “Quando era treinador de um clube vizinho criticou tudo e todos no nosso clube. Agora muda de política de comunicação. Na data da entrevista, não percebia a estratégia de aquisições de atletas e sua quantidade. Nós também não. E desde que chegou ao clube ainda fez mais de seis aquisições”, pode ler-se na publicação da página que conta já com mais de 400 seguidores.

O movimento vai mais longe, considerando que “o treinador só se deveria limitar-se a treinar e respeitar os clubes adversários” e ainda questiona o técnico sobre a razão pela qual “não fala sobre a relação entre autarquia e clube”.

Andreia Faria e Inês Queiroga convocadas para a Seleção sub-19 de Futebol feminino
AFVR (Divisão de Honra): Antevisão da jornada 24, por Pedro Veiga

Conteúdo relacionado

Menu