Motores: Pilotos da Região em grande destaque na Rampa Porca de Murça

Nos dias 7 e 8 março, teve início em Murça, o Campeonato de Portugal de Montanha (CPM) JC Group.

Com uma lista de inscritos recorde, com 55 pilotos, o que demonstra que o CPM continua a crescer, quer em número de pilotos, quer na qualidade do parque automóvel. Foram vários os pilotos a comparecer com viaturas novas, estava em perspetiva um grande fim de semana nas míticas curvas de Murça.

Uma vez mais foram muitos os pilotos da região que marcaram presença.

Com o desfecho trágico já conhecido, que levou à interrupção da corrida, fica para a memória as grandes lutas numa das mais antigas e carismáticas provas nacionais.

Dos pilotos da região Joaquim Teixeira, com o seu novo Cupra TCR, esteve intratável, conseguindo levar a vitória nos Turismos e também na Divisão Turismos 4. O piloto da “casa” mesmo sem grande contacto com o novo carro, ficou ainda com o 4º lugar geral, sendo apenas batido por 2 dos protótipos presentes na prova e um Porsche da Categoria GT.

Pedro Salvador, regressou ao campeonato que já venceu por diversas vezes. Com um carro que não lhe permitia aspirar a grandes resultados finais, o piloto flaviense, com um Caterham 420R, fez as delícias do publico presente ao longo dos 4300 metros do traçado, ficando com um surpreendente 5º lugar da geral.

Luis Nunes, o campeão nacional de Turismos do CPM 2019, debateu-se com alguns problemas no seu Ford Fiesta R5+, não conseguindo ir além do 3º lugar entre os Turismos, sendo o 2º da Divisão Turismos 2, ficando o piloto de Carrazedo de Montenegro, em 7º lugar da geral.

António Rodrigues, num BRC CM 05 Evo, a realizar apenas a sua 3ª Rampa, mesmo com alguns problemas no sábado que o impediram de fazer 2 subidas de treinos, foi evoluindo ao longo das subidas restantes, fechando a corrida em 3º entre os protótipos. O piloto da NJ Racing foi o 8º da classificação geral.

Raul Delgado, marcou presença com um Alfa Romeu, na nova categoria Legends, inserido na divisão Feup3. O piloto de Chaves, levou de vencida os seus adversários, sendo o vencedor dos feup3 e 4º entre os Legends. Conseguiu ainda o 24º posto da geral.

Outro piloto da NJ Racing presente nesta prova foi o João Guimarães, com o seu já habitual Peugeot 206 RC. O piloto do Peso da Regua, foi o 6º entre os turismos e o 25º da geral.

Leonel Brás, regressou ao campeonato, onde em 2018, ganhou a Taça 1300. Leonel, uma vez mais com um andamento impressionante ao Volante do seu Citroen AX, venceu entre os concorrentes dos 1300. O piloto de Murça foi ainda o 26º da geral.

O piloto de Vila Real, Simplicio Taveira, regressou a Murça desta vez com um Toyota Corolla GTi da Brivel Sport. Com uma rápida habituação ao carro nipónico, fez uma última subida completamente ao ataque, conseguido o 5º lugar entre os Legends e o 27º lugar da geral.

Paulo Teixeira, ao volante do bonito Ford Escort Mk1, inscrito no Campeonato Portugal Clássicos de Montanha, foi o 4º entre os pilotos dos clássicos e o 29º da geral.

Tiago Santos compareceu na sua prova, desta vez ao volante de um Citroen AX, da Equipa LBAuto. Foi o 3º entre os 1300, concluindo a prova em 40º da classificação geral.

Outro piloto da LBauto a participar foi Tiago Silva, num Peugeot 205. O piloto conseguiu o 5º posto entre os 1300, ficando na geral em 42º.

Andreia Fonseca num Fiat Punto da JC Motorsport, apesar de um ligeiro toque no sábado, regressou e conseguiu o 44º lugar. A piloto foi a 7ª entre os 1300.

Domingos Fernandes, no seu habitual Autobianchi A112, foi o vencedor entre os concorrentes
à Taca Portugal de Clássicos de Montanha. Em termos de geral acabou no 45º posto.

Nuno Guimarães, compareceu nesta prova com novo carro, um espetacular Protótipo SilverCar S2. Um toque na 2ª subida oficial e depois devido à interrupção da corrida, após o acidente de Luís Silva, o piloto da NjRacing ficou impossibilitado de fazer a 3ª subida de prova, ficando assim apenas com 1 subida a contar, o que não é suficiente para ficar classificado.

O vencedor da prova inaugural do CPM foi José Correira em Osela PA2000 EVO2, no segundo lugar ficou Joaquim Rino em BRC Evo05 e em terceiro Vitor Pascoal em Porsche 911 GT3 CUP

Devido à pandemia do Covid-19, todas as competições da Fpak, estão suspensas, sendo que foram já adiadas as provas da Arrábida e de Boticas.  

Fotos: João Necho – K1N5E PHOTO

EpicEvents https://www.facebook.com/epicdren.lda

António Rodrigues
Joaquim Teixeira
Andreia Fonseca
João Guimarães
Domingos Fernandes
Leonel Brás
Luís Nunes
Nuno Guimarães
Pedro Salvador
Paulo Teixeira
Raul Delgado
Simplicio Taveira
Tiago Santos
Tiago Silva

Rampa Internacional de Boticas adiada
Motores: à conversa com João Sousa

Conteúdo relacionado

Menu