Mirandela – Pedras Salgadas, 1-2: e a manutenção ali tão perto para o Pedras Salgadas

Segunda parte de bom nível dita cambalhota no marcador

O Juventude de Pedras Salgadas venceu o Mirandela (1-2), este domingo, em jogo da jornada 21 e penúltima da série A do Campeonato de Portugal, ficando muito perto de carimbar a manutenção.

Num esquema com três centrais, a equipa termal entrou com maior dinamismo no “velhinho” mas sempre funcional Estádio São Sebastião em Mirandela e pertenceu-lhe a iniciativa do jogo nos primeiros minutos. Contudo, os comandados de Rui Eduardo Borges, depressa contiveram o maior ímpeto dos visitantes e a luta pela posse de bola passou a travar-se nos duelos a meio-campo.

As ocasiões de golo escasseavam e só na sequencia de um lance de bola parada (pontapé de canto) é que o marcador funcionou e desta feita para a formação alvinegra num remate colocado de Carneiro, aos 17 minutos.

A equipa termal “abanou” mas não “caiu” e aos 38 minutos numa transição rápida de contra-ataque conduzida por André Sousa , o dianteiro Didi culminou da melhor forma, repondo a igualdade no marcador.

Se na primeira parte as ocasiões de golo foram escassas no inicio da segunda parte o Pedras Salgadas tratou de inverter esse cenário e, em poucos minutos de jogo após o reatamento, teve duas claras oportunidades para dar a volta ao marcador. Nesse capitulo Didi travou uma dura batalha com Fábio Mesquita, mas o guarda-redes local mostrou-se a grande nível.

Os homens da “vila termal” estavam por cima do jogo e depois de tanto insistirem acabaram, e justamente por dar a “cambalhota” no marcador, através de um remate forte e colocado de André Sousa, aos 77 minutos.

Até final e a jogar com mais um elemento por expulsão de Patrick, o Pedras Salgadas foi controlando de certa forma as operações, perante o forcing final da equipa da casa, que com menos um elemento em campo nunca baixou os braços na procura de um resultado positivo, o que acaba por valorizar ainda mais este importante triunfo na luta pela manutenção, quando falta uma jornada para o final da competição.

Na próxima jornada o Juventude de Pedras Salgadas recebe no Estádio da Portelinha o já despromovido Cerveira.

Por Luís Roçadas

Jogo no Estádio São Sebastião em Mirandela

Mirandela: Fábio Mesquita; Timóteo (Mário Borges, 78); Corunha; Sidónio; Gianluca (Guilherme, 60); Landry; Ramalho; Carneiro (Cheikh, 60); Motty (Patrick, 39); Aliu (Juan, 60) e Kenedy.

Treinador: Rui Eduardo Borges.

Pedras Salgadas: Cajó; Leandro: David Martins; João Batista; Kiko; Maviram; Gabi (Okoli, 78); André Sousa (Musa, 78) ; André Pinto; João Ricardo (Hassan, 73) e Didi (Manu, 87).

Treinador: Andrés Madrid.

Árbitro: Tiago Sá (AF Porto).

Ação disciplinar: cartão amarelo para João Batista (29);Maviram (34); Leandro (50); Gianluca (60); Patrick (75 e 85) e Corunha (83) . Cartão vermelho (acumulação de amarelos) Patrick (85).

Ao intervalo: 1-1.

Golos: 1-0, Carneiro (17); 1-1, Didi (38); 1-2, André Sousa (77).

Menu