Juventude de Pedras Salgadas cai de pé na Taça de Portugal

O Estádio da Portelinha foi neste domingo palco de um jogo histórico no panorama futebolístico desta vila termal. O Juventude de Pedras Salgadas recebeu o Clube de Futebol Canelas 2010 (do concelho de Vila Nova de Gaia) na 4ª Eliminatória da Taça de Portugal.

Ambas as equipas nunca tinham chegado tão longe na competição e isso era aperitivo suficiente para uma tarde que se antevia memorável para qualquer uma das formações.

No primeiro tempo o jogo foi de sentido único pois o Canelas 2010 não apresentou argumentos face ao poderio do pedras que atacou sempre muito e bem especialmente pela ala esquerda, aliás o guarda-redes da equipa visitante Matos, teve de se aplicar bastante ao efetuar duas grandes defesas que impediram que a equipa da casa fosse para o intervalo a vencer confortavelmente. Apesar disso no fim dos primeiros 45 minutos o empate a zero era o resultado.

Na segunda metade o pedras perdeu grande parte do fulgor ofensivo que apresentava e o Canelas acertou agulhas a nível defensivo e começou a chegar mais à frente e a provocar grandes calafrios à defensiva local. Nos últimos 10 minutos do tempo regulamentar, o Juventude de Pedras Salgadas pós o pé no acelerador mas foi o Canelas que esteve bem perto do golo e Rui Capela teve de se esticar numa grande intervenção evitando o tento da turma de Gaia.

No fim dos noventa minutos persistia o empate e o frio intenso que se vinha sentindo desde o início do segundo tempo, e por isso o jogo foi a prolongamento. Aí o Canelas foi um pouco mais fulgurante fisicamente do que o pedras que estava nitidamente a perder gás.

Na segunda metade do prolongamento o guarda-redes do juventude, Rui Capela efetuou uma magnífica defesa que evitou mais uma vez o golo da turma visitante e o juventude falhou uma ocasião clara de golo em que após remate na zona frontal a bola saiu por cima e foram esses os momentos futebolisticamente mais relevantes dos 30 minutos do prolongamento.

A partida teria de ser decidida com recurso às grandes-penalidades e ai a sorte sorriu aos visitantes pois depois de 7 grandes penalidades, o Canelas 2010 saiu vencedor por 5-6, com Luís Simão do Canelas a converter o sétimo penalti e Pedro Silva do Pedras a falhar em seguida.

O trabalho da equipa de arbitragem liderada por João Pinho da AF de Aveiro foi muito contestado pelos da casa, que se queixam de uma grande penalidade aos 111 minutos, depois da bola ir ao braço de William e que o juiz da partida não sancionou com o respetivo castigo máximo, assim como vários amarelos ficaram por mostrar a alguns atletas da turma visitante. De resto apesar dos 4 atletas do Canelas que foram amarelados, houve mais alguns jogadores dos visitantes que escaparam ao amarelo pois efetuaram algumas entradas mais ríspidas. No entanto, o árbitro nunca teve mão no jogo, que foi em alguns muito faltoso.

Desta forma terminou o sonho do Juventude de Pedras Salgadas na Taça de Portugal desta época e é o Canelas 2010 que fez história ao seguir para os oitavos de final pela primeira vez na sua história.

Apesar da falta de eficácia na primeira parte, o juventude cai de pé fruto de uma grande atitude demonstrada no jogo.

Jorge Moutinho

FICHA DE JOGO

Pedras Salgadas 0-0 Canelas 2010*

*0-0 após prolongamento
5-6 no desempate por grandes penalidades.

Estádio da Portelinha, em Pedras Salgadas
Árbitro: João Pinho (AF Aveiro).

Pedras Salgadas: Rui Capela, David, Rui Rampa, Zé Santos, Assis, Marcelo, André Sousa (Pedro Silva, 88), Ruca (Mateus, 105+2), Jorge Chula (Fábio Carvalho, 82), Rafa e Jussane (Diogo Lopes, 65).
Treinador: Ricardo Teixeira

Canelas 2010: Matos, Luís Simão, William, Nando, David Santos, Manuel Pami (Odaílson, 118), Borges, Samu (Bruno Costa, 78), Fábio Rola, Baba Zakari (Penantes, 69) e Macaco (Chico, 46).
Treinador: Tiago Margarido.


Ação disciplinar: cartão amarelo a David Santos (27), Borges (66), Rui Rampa (69), Manuel Pami (71) e Fábio Rola (116).

Chaves vence Belenenses e segue em frente na Taça de Portugal
Edu Paiva: “Sou um jogador com grande aptidão para o golo”

Conteúdo relacionado

Menu