Joaquim Teixeira soma e segue!

O piloto da JT59 Racing Team/Bompiso alcançou a sua quarta vitória na Divisão Turismos 2 do Campeonato de Portugal de Montanha JC Group na Rampa da Penha Paisagem Protegida.

Aos comandos do Cupra TCR Joaquim Teixeira chegou a Guimarães apostado não apenas em continuar a impor a sua lei na Divisão Turismos 2, mas também a discutir o triunfo na categoria de Turismos. Este segundo objetivo acabaria por se tornar muito difícil de ser atingido, muito por culpa de alguns problemas técnicos sentidos no primeiro dia da prova da Demoporto.

“Conseguimos vencer os Turismos 2 e, julgo, de forma categórica. É uma vitória que premeia o nosso esforço e foi construída com muita segurança mesmo com adversários muito fortes. Infelizmente não logramos lutar pela vitória na categoria Turismos”, começa por referir o piloto transmontano, que recorda: “No sábado nas subidas de treinos tentamos fazer um bom tempo para evitar a previsão de chuva de domingo, mas continuamos a sentir um comportamento estranho no Cupra e que não permitia forçar o andamento até ao limite”.

Joaquim Teixeira manteve o seu foco no seu principal objetivo, ajustando a sua estratégia às circunstâncias: “No domingo abdicamos de fazer o ‘warm-up’ para não agravar o comportamento do carro. E depois tentamos fazer as duas subidas de prova em gestão de tempos, para não sermos ultrapassados pelos nossos adversários, que estiveram muito fortes”, explica o piloto do JT59 Racing Team/Bompiso.

O Cupra mostrou-se ‘intransigente”, apesar de, como recorda Joaquim Teixeira, “a equipa ainda ter tentado resolver o problema. Mas não foi possível detetar a causa, atendendo a que tivemos só três dias para fazer a intervenção entre o circuito de Jarama e a Rampa da Penha”.

Essa limitação deixou o piloto transmontano “um pouco desiludido porque a minha noção era que, mesmo sendo muito difícil lutar pela vitória na categoria Turismos, e sendo os nossos adversários muito fortes, tudo iríamos fazer até à última subida. O que infelizmente não conseguimos”, acrescenta o piloto transmontano.

No entanto, a invencibilidade na Divisão Turismos 2 continuou assegurada e, agora que dobramos o meio da temporada, a destacada liderança pontual faz antever que a conquista deste título está cada vez mais perto.

Menu