João Sousa sem sorte na estreia do Peugeot S 1600 no Rally Spirit

A dupla da JC Competição João Sousa /Bruno Abreu não tiveram a sorte pelo seu lado na estreia do Peugeot S 1600, um dos carros mais bonitos que participou no passado fim de semana em mais uma edição do Rally Spirit.

Assim a dupla de Vila Real enquanto esteve em prova na 1ª etapa correu tudo pelo melhor estando em bom plano, mas a verdade é que um problema elétrico, acabou por obrigar a dupla trasmontana a desistir na chegada ao final da 1ª etapa que teve lugar na Foz do Douro – Porto, onde depois de controlar o carro de origem francesa, acabaria por ir abaixo, não voltando a trabalhar de novo, obrigado a equipa a empurrar a mesma para o parque fechado. A verdade é que no dia seguinte não havia nada a fazer, e a dupla João Sousa /Bruno Abreu foi obrigada a renunciar.

Sobre o que lhe aconteceu João Sousa disse-nos “ enquanto andamos na 1ª etapa, correu tudo bem, só que no final no Porto, com os para arranca na ligação começamos a ter problemas com ignição do carro, até que a mesma pifou. Já ´tínhamos chegado e passado o controle, e depois disso empurramos o carro para o parque fechado. Depois na manhã seguinte vimos logo que o problema era de maiores dimensões, e então aí fomos obrigados a renunciar, são situações que acontecem com os automóveis .Foi pena pois planeava atacar mais nas classificativas de sábado, mas paciência, ficará para outra ocasião, vamos lá ver o que originou tudo isto, e ver qual será a próxima prova que iremos fazer com este carro “, disse-nos João Sousa.

Menu