João Correia é o vencedor da All Stars Race by Nuno Pinto Arquitectura/SpotBar

Com 14 dos pilotos que mais se evidenciaram no anterior campeonato, nas respetivas divisões e classes, disputada na espetacular pista de Mount Panorama, ao longo de 4 mangas de 15 minutos cada, estava dado o mote para uma noite de grande adrenalina.

Com os pilotos a terem de fazer 2 corridas com o Mercedes AMG GT3 e 2 com o BMW Z4 GT3, impecavelmente decorados pelo Ivan Zamorano, era mais um ingrediente para uma já “explosiva” mistura.

Na 1ª manga liderança de início ao fim de João Correia. Igor Guerra alcançou o 2º lugar e Gonçalo Mendonça foi o 3º. João Correia somou ainda o ponto da qualificação e Igor Guerra o ponto da Volta Mais rápida.

Na 2ª manga foi Gonçalo Mendonça a vencer, depois de partir do 12º lugar. Pedro Pereira ficou com o 2º posto e João Gomes ficou com o 3º lugar, após não ter conseguido arrancar na 1ª manga com problemas técnicos. Gonçalo ficou ainda com o ponto da volta mais rápida. Com estes resultados Gonçalo passava para a liderança, com João Correia a 6 pontos e Igor a 9 pontos.

José Gonçalves liderou da 1ª à última volta a 3ª manga, alcançando assim a vitória. Bem perto terminou Ricardo Pereira em 2º e Ricardo Cruz acabou no 3º posto. Ricardo Pereira ficou ainda com a volta mais rápida. Gonçalo continuava a liderar, mas apenas com 2 pontos de avanço para João Correia e 7 para José Gonçalves e Ricardo Pereira.

Tudo em aberto para a última manga.

Quando tudo fazia querer que Gonçalo ia vencer o ALL stars, dado que a 2 curvas do fim seguia em 2º lugar atrás de Duarte Tavares e na frente de João Correia, um erro do piloto fê-lo sair de pista e levar consigo Duarte Tavares, abrindo assim a porta para nova vitória de João Correia.

Gonçalo, que ficou com a volta mais rápida desta manga, após este erro, esperou que Duarte Tavares regressasse à pista para lhe ceder o 2º lugar da corrida, perdendo ainda o 3º lugar para Igor Guerra.

Contas finais e vitória para João Correia. Gonçalo Ficou com o 2º lugar e José Gonçalves (ZARTPT) terminou em 3º lugar.

Nos restantes lugares terminaram Igor Guerra, Ricardo Pereira, Ricardo Cruz, Duarte Tavares, Pedro Pereira, Renato Bastos, João Gomes, Diogo Martins, Rui Vaz, Renato Carvalho e Joel Araújo.

João Correia – Vencedor All Stars Race – ““Relativamente à modalidade All Stars, penso que foi mais uma prova dada de que este núcleo duro (EVR) está a evoluir e a crescer a olhos vistos. O facto de se ter reunido os pilotos mais rápidos de cada divisão tornou as coisas muito interessantes e equilibradas, impondo um ritmo impressionante a nível geral. As grelhas invertidas sempre foram algo que me agradou pois aí sobressai a capacidade de cada um se libertar de problemas e atacar o pelotão da frente o mais rápido possível. Não podia estar mais satisfeito pois consegui a polé position e a vitória nesta corrida de loucos. Talvez numa próxima all stars devêssemos repensar o tempo das corridas com grelha invertida uma vez que talvez tenha sido curto. De resto tudo 5* como a EPIC já nos tem vindo a habituar. Agora venha a Taça Bclub & Bacalhau e Companhia, vou dar o meu melhor, como sempre.”

José Gonçalves – 3º Classificado – “Parabéns mais uma vez aos organizadores e pilotos pelo grande espetáculo nesta prova All Stars. Os ingredientes estavam reunidos, os melhores pilotos de cada divisão a correr numa pista complicada mas divertida com 2 carros diferentes em mangas invertidas. A única estratégia que decidi foi reservar o carro que me sentia mais confortável para as mangas em que estivesse mais atrás na grelha na tentativa de recuperar lugares o mais possível. De resto foi tentar não cometer muitos erros, o que nesta pista não é fácil. Acabei por conseguir o meu primeiro pódio com um 3 lugar. Estou muito contente com o ritmo que consegui ainda para mais sendo a minha corrida de despedida da classe de comando e no dia de aniversário de um dos pilotos que mais admiro, Gilles Villeneuve. Um abraço a todos os pilotos da Classe comando e força aí no próximo campeonato. Abraço a todos e boas races.

Uma noite cheia de grandes batalhas, como esperado e que serviu para termino da 2ª temporada EVR.

A 3ª temporada começa já no dia 1 de fevereiro com a Taça EVR by BClub .

Menu