Irmãos Hansen imperiais no TitansRX Rallycross

Motores

Fim de semana feliz e completo para a família Hansen. Se o primeiro dia foi dominado por Kevin Hansen – o mais novo do clã – o último dia teve em Timmy o mais competente no circuito internacional de Montalegre na estreia, em solo barrosão, do novo TitansRX Rallycross. Uma dupla jornada de grande adrenalina e de excelentes corridas onde desfilaram nomes, para além dos já citados Hansen, como Armindo Araújo, Iván Ares, Craig Breen, Tom Coronel ou Andrew Jordan, entre muitos outros.

A nova competição internacional FIA de Ralicross, criada pela MJP do austríaco Max Pucher, rumou a Portugal para a terceira jornada dupla da temporada, depois de França (Essay) e Inglaterra (Lydden Hill). Um pelotão de 15 estrelas do desporto automóvel, entre os quais os rookies Armindo Araújo, Iván Ares e Tom Coronel, deu espetáculo ao volante dos Pantera RX6 Supercars de 530cv. Num formato double header, com uma prova no sábado e outra no domingo, o jovem Kevin Hansen (21 anos) começou por reforçar o comando do campeonato com o triunfo na prova de sábado. Porém, no dia seguinte, o seu irmão, Timmy Hansen (27 anos), assumiu o protagonismo após as três mangas de qualificação, semi-finais e final, vencendo a corrida decisiva na frente de Kevin Hansen e do finlandês ‘Topi’ Heikkinen, que completaram o pódio final. A classificação da final ficou completa com o irlandês Craig Breen, que viajou para Portugal logo após ter disputado o Rali da Finlândia no WRC, seguido pelo húngaro CsuCsu Kornel e pela jovem italiana Tamara Molinaro.

ARMINDO ARAÚJO E IVÁN ARES

Pentacampeão nacional de ralis e bicampeão do Mundo de Produção, Armindo Araújo terminou a sua estreia no TitansRX com nova vitória na sua série na Q2, embora um problema de motor no Pantera RX6 tenha provocado um abandono inglório logo no arranque da Semi-Final. Por outro lado, o espanhol Iván Ares também esteve em bom plano e terminou no 9.º lugar absoluto, ficando também pelas semi-finais na sua primeira experiência no TitansRX.
Por fim, falar das provas de suporte de Super 1600 e Kartcross. Estas também animaram o fim de semana em Montalegre, com Joaquim Machado (Peugeot 208), Mário Teixeira (Ford Fiesta) e André Sousa (Peugeot 207) a formarem o pódio nos S1600, enquanto os espanhóis Anton Miras (Semog) e Ivan Chinchilla (Semog) subiram ao pódio do Kartcross acompanhado pelo pluricampeão nacional, Pedro Rosário (Semog).


TEM A PALAVRA

Orlando Alves | Presidente da Câmara de Montalegre

«Estamos muito confortados com esta oportunidade de oferecer ao Mundo este espetáculo. Está integrado numa prova que é emergente. Tem um potencial enorme para continuar e para se afirmar pelo Mundo. Estamos muito honrados por contribuirmos para esta prova. O promotor está muito satisfeito pela forma como tudo decorreu. A par disso, estamos a trabalhar na recuperação do Campeonato do Mundo de Rallycross».

Jorge Almeida | Presidente do Clube Automóvel de Vila Real

«O balanço é extremamente positivo. Foi um espetáculo muito bom a nível mundial. Quem esteve cá ganhou tempo e viu um espetáculo maravilhoso. Não posso fazer a quantificação exata, mas penso que estiveram cerca de oito mil pessoas. Os pilotos adoraram a pista à semelhança do promotor. Correu tudo dentro da normalidade».

Muck Puscher | Promotor Titans RX

«Foi um evento absolutamente fantástico. A organização, os pilotos, a pista, é tudo muito bom. É um local com muito potencial para isto. Queremos estar cá no próximo ano».

Nacional de Perícias na Marginal do Cávado em Montalegre
Rali Município de Mesão Frio teve perto de 60 inscritos

Conteúdo relacionado

Menu