Exibição de luxo de Guilherme Alvadia dá três medalhas para o Clube de Vila Real

O CLUB de VILA REAL esteve presente em mais um Campeonato Nacional, desta feita nos escalões de iniciados e juniores, que decorreu este fim de semana em Matosinhos.

O grupo de atletas do CLUB de VILA REAL apresentava no escalão de iniciados muitas novidades, atletas que participavam pela primeira vez, em juniores o grupo tinha atletas no seu primeiro ano neste escalão. A competição dividia-se em prova de singulares, pares masculinos, pares femininos e pares mistos, tendo o CLUB de VILA REAL participado com alguns atletas a formar pares com atletas de outros clubes das Associações de Aveiro, Braga, Madeira, Porto e Lisboa.

No primeiro dia da competição, constituído pela fase de grupos e pelas primeiras eliminatórias de pares os atletas do CLUB foram mostrando bom ténis de mesa e alcançaram as primeiras vitórias, tendo passado ao mapa final, os atletas iniciados Guilherme Alvadia, Bruno Barros e Luís Monteiro, Soraia Fernandes e Margarida Conde, os atletas Juniores, escalão mais competitivo, tiveram mais dificuldade para se impor, acabando por se destacar o Igor Kyrychenko, atleta ainda cadete, que em muito bom momento de forma conseguiu as vitórias importantes para a passagem ao mapa final.

Fruto de uma ligeira lesão Bruno Barros viu-se impedido de participar na fase final, apesar de ter conseguido a passagem.
No domingo, fase final da competição o CLUB de Vila Real mantinha atletas em todos os escalões em prova.

O Igor esteve muito bem na fase final, mostrando que tem potencial para estar neste escalão, apesar de ser mais novo, mas não conseguiu chegar-se aos ligares de pódio, ficando entre os 64 melhores Juniores nacionais. Uma excelente prestação que deixa boas perspetivas para o Campeonato do seu escalão.

As atletas iniciadas, quer na prova individual, quer em pares foram conseguindo eliminar adversárias até alcançarem os ¼ de final, quer a Soraia, quer a Margarida ficaram nas 8 melhores aletas deste escalão, um resultado muito bom para atletas também no seu segundo ano de ténis de mesa.

Ainda na competição de pares, disputado em esquema, a eliminar o CLUB foi tendo várias vitórias, mas não foi conseguindo chegar aos lugares que permitiam o pódio, à excepção do atleta iniciado Guilherme Alvadia.

O Guilherme, em pares masculinos, fazendo parceria com Rodrigo Gomes (AAA Gilhabreu) foi vencendo todos os jogos, alcançando a final. No derradeiro jogo a experiência dos adversários em relação ao Guilherme e ao seu companheiro, veio a fazer a diferença, não conseguindo alcançar a vitória o atleta do CLUB e o seu colega de pares, sagraram-se Vice-Campeões Nacionais.

Mas o Guilherme Alvadia estava motivado para mostrar que apesar de estar no ténis de mesa apenas na sua segunda época tem capacidade para justificar o seu 5º lugar no Ranking Nacional. Em pares mistos, fazendo equipa com Rita Vale (CP Alvito), conseguiram as vitórias que lhes permitiram disputar as meias finais. Nesta fase da prova vieram a perder para a dupla que viria a sagrar-se Campeã Nacional, obtendo mais uma medalha, desta feita o bronze, o 3º lugar da classificação geral.

Na prova individual o Guilherme queria superar o seu lugar no ranking nacional, o 5º lugar.
Foi sempre muito competente, empenhado e esteve sempre concentrado, jogando de forma excelente, eliminando adversário após adversário até alcançar as meias finais. Neste grupo mais restrito, ditou que tivesse que defrontar o atleta que viria a sagrar-se Campeão Nacional Individual e que se havia já sagrado Campeão Nacional em Pares Mistos e Pares Masculinos, Dinis Ye do AAA Guilhabreu. Num jogo muito bem disputado o atleta Vilarealense não conseguiu a vitória, ninguém neste Campeonato derrotou o Dinis Ye, mas permitiu ao Guilherme Alvadia obter a terceira medalha na prova, com o 3º Lugar Individual.

O atleta vilarealense esteve assim presente nos 3 pódios do seu escalão, conseguindo 1 medalha de prata, 2 medalhas de bronze. Excelentes resultados para um atleta que tem um futuro muito promissor no ténis de mesa, pois com a vontade que demonstrou, o trabalho que apresentou, será certamente bem-sucedido.

O CLUB de VILA REAL terminou os Campeonatos Nacionais com 3 medalhas, 2 atletas nas 8 melhores iniciadas, 3 atletas nos 32 melhores iniciados e 1 atleta nos 64 melhores juniores.

Os resultados obtidos demonstram o bom trabalho que o CLUB tem apresentado ao longo dos anos, com uma escola de formação que continua a ser das melhores nacionais e que nos últimos 2 anos produziu uma nova fornada de atletas muito competitivos e que asseguram um bom futuro desta modalidade no CLUB de VILA REAL.

A dupla de treinadores do CLUB, formada por Helena Pinto e Pedro Honrado estava satisfeita com os resultados obtidos, que podem parecer pouco significativos mas no contexto nacional são excelentes, quer pelo numero de medalhas, mas sobretudo pela dimensão do sucesso de todos os atletas do CLUB em diferentes escalões, quer em femininos, quer em masculinos, que o coloca num patamar restrito de clubes a nível nacional, que se destacam em diferentes escalões e com diferentes atletas.

A escola de formação do CLUB está sediada na Escola da Araucária, com treinos todos os dias, das 17_30 às 20:00, estando sempre disponível para todos quantos pretendam conhecer e experimentar a modalidade.

Menu