FPF quer definição do Governo Regional sobre participação das equipas madeirenses

Organismo lembra que a resolução do Governo Regional que impede clubes madeirenses de competir em provas desportivas nacionais e regionais terminou a 30 de dezembro

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) pediu ao secretário regional de educação ciência e tecnologia da Madeira uma “definição urgente” sobre a resolução que impede os clubes madeirenses de competir em provas desportivas nacionais e regionais.

Numa carta a que a Lusa teve acesso, a FPF lembra que a “resolução do Governo Madeira que impede clubes madeirenses de competir em provas desportivas nacionais e regionais terminou a 30 de dezembro, mas autoridades têm informado que continuará a não ser possível jogar, apesar de não haver algo nesse sentido”.

Desta forma, a federação “escreveu ao secretário regional de educação ciência e tecnologia da RA Madeira no sentido de pedir definição urgente”.

Na carta, “o presidente da FPF informa que caso se mantenha a proibição, não será possível continuar a adiar os jogos das equipas da Madeira, pelo que a FPF será forçada a introduzir alterações regulamentares que minimizem os danos para todos os participantes”.

“Serão procuradas soluções menos gravosas para as equipas madeirenses, mas, eventualmente, não será possível eliminar todos os danos desportivos”, pode ler-se na carta escrita pelo líder federativo, Fernando Gomes.

A terminar, a FPF deixa claro que se impõe “uma tomada de posição expressa e urgente do Governo Regional, uma vez que jogos e viagens estão marcados para este fim de semana”.

Por Lusa

Menu