FC Porto Sagrou-se Campeão Nacional de Andebol Masculino

No passado sábado, a equipa do Futebol Clube do Porto recebeu e venceu a Associação Atlética de Águas Santas por 35/32 e, com isso, sagrou-se campeão nacional, mesmo faltando ainda duas jornadas para o fim (receção ao Boavista FC e FC Gaia). Os azuis e brancos somaram até ao momento 28 vitórias, nos 28 jogos disputados, marcando 978 golos e sofrendo 668, o que perfaz um salto positivo de 310 golos. É obra! O domínio do FC Porto foi tal e, mesmo depois do que esta equipa passou, as felicitações e a admissibilidade da justiça da vitória são certamente unânimes.

Ao longo do campeonato, os dois adversários que teoricamente teriam mais hipóteses de contrariar o favoritismo do FC Porto seriam e, acabaram mesmo por ser, o Sporting CP e o SL Benfica. Acontece que o Futebol Clube do Porto acabou por os vencer a todos. Nestes 4 jogos, somente num, a 8 de maio no Dragão Arena frente ao Sporting CP, o FC Porto esteve verdadeiramente em perigo de não vencer, uma vez que os lisboetas comandaram grande parte do jogo, passando para a frente somente a 01:40 do final, mas acabando, mesmo assim, por vencer por 33/30.

No momento dos festejos, naturalmente que todos eles foram centrados na memória de Alfredo Quintana, pois também ele se sagrou, no passado sábado, campeão nacional. A sobriedade do ato solene da entrega das medalhas e taça, por parte do Presidente da Federação de Andebol de Portugal, Miguel Laranjeiro, são para mim relevadora do simbolismo que, para todos, este ato teve, ainda para mais com a participação de Raquel Ferreira, esposa de Alfredo Quintana.

Para trás ficou também a muito boa participação na Liga dos Campeões, onde foram eliminados por uma “unha negra” frente aos dinamarqueses do Alboorg. Depois de na primeira mão, em casa, terem vencido por 32/29, acabaram por perder na Dinamarca por 27/24, verificando-se exatamente a mesma diferença de golos. O FC Porto acabou eliminado, por ter marcado menos golos fora de casa que o oponente. Os dinamarqueses, entretanto, já se apuraram para a Final 4 da Liga dos Campeões, vencendo os alemães do Flensburg nos quartos de final.

Antes de terminar esta desgastante época desportiva, o FC Porto terá ainda, tal como o Sporting CP, o SL Benfica e a AA Águas Santas um objetivo a concretizar, que é vencer a Taça de Portugal, que terá a Final 4, nos próximos dias 5 e 6 de junho, em Pinhel, com as meias finais a serem disputadas entre o Sporting e o Benfica e o Águas Santas e o Porto.

Depois disso, uma boa parte do plantel portista centrar-se-á nos trabalhos da Seleção Nacional, para a histórica participação olímpica deste verão.

Adriano Tavares (Presidente Associação de Andebol de Vila Real)

Menu