Divisão de Honra (AFVR): Vidago – Régua, 3-1 (crónica)

Vitoria justa da formação termal

O Vidago FC bateu o SC Régua por 3-1, em jogo a contar para a 10ª jornada da Divisão de Honra da AF Vila Real, num encontro disputado no Campo João de Oliveira e em que Gregory bisou.

O jogo começou praticamente com o golo reguense, apontado por Diogo Seminário, de canto (que foi batido à maneira curta) e em que Quinzinho cruza a bola e o guarda-redes Diogo Lopes agarra-a e larga-a de novo, o médio reguense só teve de encostar em cima da linha de golo. Um frango monumental a dar vantagem aos forasteiros.

O jogo estava animado e na resposta eis que Gregory aparece isolado na cara de Kiko e falha o chapéu que poderia dar o empate. O Vidago ia-se acercando da área reguense, até chegar ao golo: Juninho dribla 2 adversários, combina com Gregory e isola Edu Paiva (que remata cruzado para golo, sendo que Kiko ainda toca na bola). Estava o jogo empatado, mas muito bem jogado.

A equipa liderada por Flávio Fonseca teve uma excelente oportunidade por João Nuno, com uma cabeçada à “queima roupa” já na pequena área (após livre de Coutinho) e grande defesa de Diogo Lopes. Até ao intervalo não se verificaram mais oportunidades de relevância maior e o resultado estava justíssimo.

A segunda parte trouxe um Vidago mais pressionante, a conseguir uma boa circulação de bola e acabou por chegar ao golo num cabeceamento de Gregory ao primeiro poste (num lance em que beneficia de um ressalto de uma defesa incompleta de Kiko Ferraz).

O Régua nunca se encontrou no jogo, não conseguiu sequer uma oportunidade golo em toda o segundo período, vivia de lances de 1×1 (que nunca eram bem-sucedidos) e de jogo direto, mas sem nunca criar perigo.

O 3-1 final aparece numa jogada de contra-ataque: o Vidago consegue tirar a bola da zona de pressão (num pontapé longo), Paixão impede Miguel Morais de atacar a bola (acabando por lhe ganhar a frente do lance), toca para Albano (que cruza com “conta, peso e medida” para Gregory cabecear para o golo).

A vitória foi justa, num jogo em que ambas as equipas trouxeram muitos adeptos ao estádio (que é de salutar para o futebol da AF Vila Real).

O Vidago venceu, não deixou fugir o Vilar de Perdizes, e na próxima jornada recebe o Cumieira. O Régua fica agora a 7 pontos do líder Vilar de Perdizes e na próxima jornada recebe o Fontelas.

Por Luis Marins

Foto: Eduardo Ribeiro

Menu