Desporto de formação autorizado a competir progressivamente até 3 de maio

Os escalões de formação de todas as modalidades desportivas podem voltar a competir progressivamente até 3 de maio, consoante a “evolução epidemiológica” da pandemia de covid-19, afirmou esta terça-feira o secretário de Estado do Desporto, João Paulo Rebelo.

Os escalões de formação de todas as modalidades desportivas podem voltar a competir progressivamente até 3 de maio. A garantia foi dada esta terça-feira pelo secretário de Estado do Desporto, João Paulo Rebelo, frisando que esta retoma irá depender da “evolução epidemiológica” da pandemia de COOVID-19.

“É evidente que temos competições. Nas modalidades individuais, temos competições a partir de 5 de abril, tenham as federações condições para isso. A partir de 3 de maio, temos todas as competições. Isto depende da evolução epidemiológica, do número de casos, da propagação do vírus”, afirmou, numa conversa por videoconferência com o presidente da Confederação do Desporto de Portugal, Carlos Paula Cardoso, transmitida na rede social Facebook.

A partir de 19 de abril, poderão ser retomados os treinos na formação das modalidades de risco médio como futebol, futsal, andebol, basquetebol, voleibol e o hóquei em patins.

“Está-se a avaliar se é pertinente começar logo as competições em 19 de abril. Não me parece que seja logo adequado, porque os atletas não vão estar logo em condições de competir. E também temos a questão da mobilidade entre territórios. A ideia é que, nos primeiros 15 dias, não haja competições inter-regionais no país”, disse ainda.

Menu