CP (Série A): Montalegre foi mais eficaz e venceu na receção ao Pedras Salgadas

O Montalegre venceu este domingo o Pedras Salgadas, por 2-1, num bom jogo de futebol da 12.ª jornada da série A do Campeonato de Portugal, em que foi, sobretudo, mais eficaz, continuando nos lugares cimeiros da tabela.

Este dérbi transmontano teve duas partes distintas, uma primeira parte em que o Pedras Salgadas entrou a mandar no jogo e foi a equipa que mais procurou o golo até ao intervalo. Através de um futebol apoiado, acercou-se mais vezes de zonas de finalização, mas não conseguiu concretizar, deixando a sensação que podia ter ido para o intervalo com outro resultado.

A equipa do Montalegre entrou muito bem na segunda parte, e ainda não estava decorrido o primeiro minuto, e Ouattara mostrava eficácia ao inaugurar o marcador num remate colocado à entrada da área – grande golo do avançado, natural da Costa do Marfim.

A turma termal, abanou com este golo madrugador sofrido, mas não caiu e Manu aos 60 minutos, conclui da melhor forma uma jogada bem delineada da equipa de Andrés Madrid.

O jogo entrou numa toada de parada e resposta e aos 75 minutos, numa transição rápida pela esquerda, Zack descobriu Vilmar ao segundo poste, e o avançado, sem grande oposição, bateu Cajó, oferecendo uma vantagem que o Montalegre, soube gerir até final.

Arbitragem fraca de João Bernardino.

MONTALEGRE-PEDRAS SALGADAS, 2-1

Montalegre: Josemar; Tiago Oliveira; Vítor Pereira; Adílson Vaz; Zack; Luan; João Fernandes (Mateus Amorim 74) ; Samate (Angola 86); Ouattara; Miguel Ângelo (Xavi 79) e Vilmar.

Treinador: José Manuel Viage

Pedras Salgadas: Cajó; Leandro: João Batista; André Alves (Musa 76); Mavi; Marcelo; André Sousa; André Pinto; Okoli; João Ricardo (Didi 76) e Manu (Emmanuel Dass 89).

Treinador: Andrés Madrid

Local: Estádio Dr. Diogo Vaz Pereira, em Montalegre.

Árbitro: João Bernardino (AF Viana do Castelo).

Ação disciplinar: cartão amarelo para João Fernandes (55); Vilmar (62); Marcelo (73); Mateus Amorim (84) e João Batista (90+1).

Ao intervalo: 0-0

Golos: 1-0 Ouattara (46); 1-1 Manu (60); 2-1 Vilmar (75)

Menu