Pedras Salgadas de regresso às vitórias: equipa termal vence Vilaverdense por 1-0

Equipa termal sobe à nona posição da Série A do Campeonato de Portugal.

O Juventude de Pedras Salgadas regressou hoje às vitórias na série A do Campeonato de Portugal , ao vencer na receção ao Vilaverdense com um golo solitário de Didi, em jogo da 15.ª jornada.

O golo madrugador do avançado termal, bastou para o Pedras Salgadas garantir os três pontos e o regresso aos triunfos e, consequentemente, a subida ao nono lugar, com 14 pontos.

Em relação à partida, o Pedras Salgadas entrou com tudo e, logo no primeiro minuto de jogo, Didi aparece em boa posição para marcar mas o remate do avançado da formação da casa é travado por Paulo Costa.

A equipa de Andrés Madrid era dominadora, com as habituais trocas de bola curtas e rápidas entre os jogadores, e aos cinco minutos Didi recebe um passe de Gabi e já dentro da área com um remate cruzado faz inaugurar o marcador.

O conjunto da casa mandava no jogo e, aos 31 minutos, Didi quase voltava a marcar, não fosse a excelente intervenção de Paulo Costa com uma “mancha” perfeita a evitar o segundo dos locais.

O Vilaverdense, por seu lado, tentava reagir, mas não conseguia criar situações claras de finalização , com o guarda-redes local, Cajó a ter uma tarde tranquila.

Para a segunda metade do encontro, a formação de Vila Verde – Braga veio com outros argumentos para travar as ofensivas da formação orientada por Andrés Madrid, organizando-se melhor naquilo que era a sua saída de bola até ao momento. Todavia, foi novamente a equipa da casa a estar perto do golo com Okoli aos 47 minutos a passe de João Pais a rematar com o esférico a passar muito perto do poste esquerdo da baliza forasteira.

Aos 55 minutos foi a vez de João Pais (grande exibição) aparecer em boa posição, dentro da área e a permitir a Paulo Costa (melhor em campo) mais um intervenção de nível superior.

Carlos Cunha, já tinha mexido na equipa no regresso para a segunda parte, faz mais modificações no seu xadrez com o intuito de travar as investidas dos da casa e tentar ser mais afoito no ataque na procura do golo da igualdade.

È certo que a equipa minhota conseguiu equilibrar e estar em certos períodos com mais posse de bola, mas continuava a não criar situações claras de finalização, muito por culpa da boa organização dos comandados de Andrés Madrid, que garantiram um triunfo justo, mas que acaba por ser escasso , dadas as oportunidades claras de golo criadas e não concretizadas.

O triunfo permite assim ao Pedras Salgadas chegar à nona posição da tabela classificativa, estando agora apenas um ponto da zona de manutenção.

Texto: Luis Roçadas

Foto: Joel Magalhães

PEDRAS SALGADAS-VILAVERDENSE, 1-0

Pedras Salgadas: Cajó; Musa (Tomás, 78); André Alves (Kiko, 45); David; Maviram; Gabi; André Pinto ; Leandro; Okoli; João Pais (André Sousa, 68) e Didi (João Ricardo 90+2).

Treinador: Andrés Madrid

Vilaverdense: Paulo Costa; Stephen; Gonçalo; Bianchi; Gabriel; Saidu Musa (Tomás Gama, 64); Semedo; Jailson (Rafa, 75); Duarte Duarte; Eduardo (Samuel, 45) e Rui Gomes (Wilyam, 45).

Treinador: Carlos Cunha

Local: Estádio da Portelinha – Pedras Salgadas

Árbitro: Fábio Silva (AF Braga).

Ação disciplinar: cartão amarelo para André Alves (28); Saidu Musa (61) e Musa (71). Cartão Vermelho direto a Carlos Cunha (90+1)).

Ao intervalo: 1-0

Golos: 1-0, Didi (5).

Menu