CP (Série A): Pedras Salgadas cede empate caseiro

A formação do Juventude de Pedras Salgadas perdeu uma excelente oportunidade de somar o terceiro triunfo consecutivo, em jogo antecipado da 24ª jornada, ao empatar a uma bola, em casa, com a AD Oliveirense. A equipa termal esteve em vantagem no marcador, mas não conseguiu segurar a vitória frente a um adversário direto na luta pela manutenção.

Luís Neves de penalti aos 34 minutos a castigar um derrube dentro da área de Ricardo Morais, que viu cartão vermelho direto, sobre Rafinha, abriu a contagem, após um início de jogo com sinal mais dos homens da “vila termal.

Os visitantes, com menos um elemento em campo, demoravam a reagir, no entanto, poderiam ter chegado à igualdade praticamente em cima do intervalo. Touré na conversão de um castigo máximo proporcionou ao jovem guarda-redes Rui Capela, uma excelente intervenção.

Na segunda parte, a turma de Ricardo Silva, em vantagem no marcador, deixou-se adormecer e permitiu ao adversário acreditar que, seria possível chegar a um resultado positivo.

Aos 79 minutos, uma jogada rápida de Touré pela esquerda, culminou num cabeceamento mortífero de Drogba Camará, para o golo da igualdade.

Este resultado premeia a formação visitante, que nunca virou a cara à luta na procura de poder pontuar e castiga a turma termal, que em vantagem no marcador e em superioridade numérica, não soube “matar” o jogo, quando tinha tudo para o fazer.

Arbitragem com demasiados erros de Hugo Pacheco.

FICHA DE JOGO

Pedras Salgadas 1-1 AD Oliveirense

Estádio da Portelinha – Pedras Salgadas

Árbitro: Hugo Pacheco (Porto)

Pedras Salgadas: Rui capela, Rafa, lamine, Carlos Freitas, Carreira, Zé Lopes, Rui Jorge (Alex 81), Luís Neves, Danilo, Rafinha (Miguel Lima 66) e Lenno.

Treinador: Ricardo Silva

AD Oliveirense: Rui Sacramento, Ricardo Morais, Sandro, Bouças, Maurício Martins, Dinis (Marlon 65), Nonso (Ruizinho 78), Jorge Pereira, Touré, Drogba Camará e Gilson (Eridson 85).

Treinador: Fernando Gomes

Golos: 1-0 Luís Neves (34, pen.); 1-1 Drogba Camará (79)

Cartão amarelo a Lamine (2), Gilson (70), Luís Neves (86) e Rui Sacramento (83). cartão vermelho a Ricardo Morais (33).

Menu