CP (Série A): Montalegre prejudicado na Madeira

O CDC Montalegre voltou a ser prejudicado por uma equipa de arbitragem, que falhou, ao assinalar uma grande penalidade no final do encontro.

Foi um empate com sabor a derrota para os barrosões. Entrou muito forte no jogo a equipa transmontana, logo aos três minutos Adão está perto de marcar. Aos seis minutos, grande passe de Rúben Neves para Adão que remata por cima…

Depois o Montalegre apaga-se e os madeirenses equilibram o jogo. À passagem dos treze minutos, Chaban, o melhor do Câmara de Lobos, obriga o novo guarda-redes dos barrosões, Clemente, a boa intervenção. Dois minutos depois, Philip Ikeocha atira ao lado. Lino Graça, o capitão dos Lobos, atira ao lado, num lance que levou muito perigo. Quatro minutos depois, aos 28 minutos, Cristiano atira ao lado.

O Montalegre tinha enormes dificuldades no capítulo ofensivo e o Câmara de Lobos começa a acreditar que é possível um resultado positivo diante de uma equipa tão forte.

Mesmo assim, a fechar a primeira parte, Zangão, em ótima posição, atira ao lado…Zack lesiona-se e segue para o hospital, onde não foi confirmado o pior cenário, entenda-se traumatismo craniano. Ao intervalo 0-0.

Na etapa complementar, volta a entrar bem a equipa do Montalegre e Adílson está perto de abrir o marcador. No primeiro remate da etapa complementar, o Câmara de Lobos marca por intermédio de Loris Goubelle. Reage o conjunto forasteiro e na sequência de um canto bem cobrado por Rúben Neves, Álvaro Branco remata forte e colocado para um grande golo…Rúben Neves foi dos mais inconformados do conjunto transmontano… Sete minutos depois, Zangão coloca a equipa Montalegrense na frente do marcador, na transformação de uma grande penalidade, que existe, por falta dentro da área…

O Montalegre tem duas enormes oportunidades para fechar o jogo – aos 82 Adão obriga Duarte Nuno a boa intervenção. Cinco minutos depois, o mesmo jogador atira à malha lateral, num remate que sai muito forte… Depois veio a polémica. Uma bola é bombeada para a área, Clemente, o novo guardião, é abalroado e o juiz assinala grande penalidade… Incrível! Chaban faz o empate e deixa o Montalegre à beira de um ataque de nervos.

A equipa de arbitragem compromete o seu trabalho com este erro.

Leonardo Barros Silva, o treinador do Câmara de Lobos, disse que “o jogo fica marcado por duas penalidades muito duvidosas, a nossa equipa foi mais competente, hoje fomos muito competentes e fomos prejudicados por uma penalidade aos 74 minutos. E na dúvida, a nossa equipa tem sido prejudicada, veja-se o que aconteceu em Bragança. Se hoje as duas equipas jogassem sem o árbitro ganhava o Câmara de Lobos. Sinto-me prejudicado!”

Também o treinador do Montalegre, José Manuel Viage, não gostou da forma como sofreu o golo do empate: “Não vamos andar a brincar ao futebol! O penalti é uma anedota do tamanho do Castelo de Montalegre. Hoje metemos dois pontos no lixo! Tivemos situações para marcar o terceiro golo… Isto é ridículo!”

Nuno Carvalho

FICHA DE JOGO

Estádio de Câmara de Lobos

Câmara de Lobos 2-2 Montalegre

Arbitro: Miguel Silva (Lisboa)

Câmara de Lobos: Duarte Nuno, Paulo Vasconcelos, Loris Goubelle, Nuno Santos (Gonçalo Rebolo 60), Karim Chaban, Cristiano, Philip Ikeocha, Iroha, Francis Ubong, Flávio Barbosa (Lucas Sousa 79) e Lino Graça ©

Treinador: Leonardo Silva

Montalegre: Daniel Clemente, Tiago Oliveira, Zack (Luan 45+1), Adílson Vaz, Álvaro Branco , João Fernandes © (Samate 58), Rúben das Neves, Lio Guerra, Zangão, Davou (Iano 59) e Adão.

Treinador: José Manuel Viage

Ao intervalo: 0-0

Golos : 1-0 Loris Goubelle (55) , 1-1 Álvaro Branco (68), 1-2 Zangão (75), 2-2 Karim Chaban (90+7).

Cartão amarelo a Adíson (23), Cristiano (33), Philip Ikeocha (35), Lino Graça (71), Iroha (72) , Paulo Vasconcelos (90).

CP (Série B): Vila Real sofre primeira derrota caseira
AFVR (Divisão de Honra): os destaques da 5ª jornada

Conteúdo relacionado

Menu