CP (Série A): Montalegre cede empate na rececão ao Fafe

Empate não agradou a ninguém

A jogar com mais uma unidade, durante quase todo o jogo, os barrosões não conseguiram bater o Fafe.

Jogo polémico e quente entre Montalegre e Fafe. A tradição manteve-se, pois houve novo empate entre os dois contendores.

Logo no minuto cinco a equipa minhota fica reduzida a dez unidades por vermelho direto a Chico por agressão a Zack. Uma vez que aconteceu dentro da área, o arbitro assinala grande penalidade – na transformação, Lio atira ao poste e Ferrari faz a recarga vitoriosa.

Mesmo com dez unidades o Fafe subiu no terreno e procurou o empate. Nené obriga Tiago Guedes a defesa atenta e, a seguir, Landinho volta a testar a atenção de Tiago Guedes, o melhor em campo.

Aos 40 minutos o Fafe não consegue marcar de grande penalidade – Joel Silva dispara e excelente intervenção de Tiago Guedes. Três minutos depois o mesmo Joel Silva rompe a defensiva local e obriga Guedes a nova boa intervenção.

O Fafe empata no fecho do primeiro tempo por João Fernandes, aproveitando uma pequena distração transmontana. Ao intervalo 1-1.

Na etapa complementar o Montalegre controlou melhor o jogo, faltou alguma força ao Fafe para chegar às zonas de finalização. Logo no primeiro minuto a bola passa muito perto do poste direito da baliza de Soares…Álvaro volta a fazer perigar a baliza do Fafe, num livre bem cobrado.

O Fafe cria perigo, de livre, à passagem dos 73 minutos – Nuno Silva obriga Guedes a nova boa intervenção. A fechar, Rogério dispara para boa intervenção de Soares. Fafe melhor na primeira parte e o Montalegre a assumir as despesas na etapa complementar.

O empate é justo e os transmontanos estão tranquilos na tabela classificativa. “As duas equipas queriam ganhar, a minha equipa fez o que pôde, depois do golo podíamos ter feito o segundo e acabar com o jogo. Na segunda parte pressionámos mais e melhor o Fafe, jogámos para ganhar”, disse José Manuel Viage, treinador do Montalegre.

Já o treinador do Fafe, Álvaro Pacheco, saiu desiludido com o resultado final: “ Foi um jogo emotivo, aos cinco minutos ficamos com um jogador a menos sem que nada tivesse acontecido. Com menos um jogador fomos melhor equipa. Não me lembro de uma oportunidade do Montalegre!…” Depois do jogo terminar, fora do estádio, houve desacatos entre adeptos, prontamente solucionados e sem gravidade.

Nuno Carvalho

 

Ficha de Jogo

Montalegre 1–1 Fafe

Jogo no Estádio Dr. Diogo Vaz Pereira- Montalegre

Arbitro: Bruno Nunes (AF Viana do Castelo)

Ao intervalo: 1-1.

Marcadores:

1-0, Ferrari , 8 minutos;

1-1, João Fernandes, 45

 

Equipas:

Montalegre: Tiago Guedes, David Carvalho, Vítor Alves , Victor Pereira, Álvaro Branco, Lio  (Gabi 75), Tavares , Ferrari (Beto Lopez 66), Paulo Roberto, Zack (Rogério 46) e Zangão

Treinador: José Manuel Viage

 

Fafe: Pedro Soares, Chico, Júnior Franco, André Alves, Ofori, Nené, Landinho, João Fernandes (Angola 62), Nuno Silva (Luís Simão 85), Tiago Nogueira © (Hendrio 72) e Joel Silva

Treinador: Álvaro Pacheco.

Ação disciplinar: cartão amarelo para Zack (19), Tiago Nogueira (37), Ferrari (63), Victor Pereira (72), Tavares (87). Cartão vermelho para (Chico 5).

Menu