CP (Série A): Falta de eficácia dita resultado injusto para o Pedras Salgadas

O Pedras Salgadas perdeu em casa, por 2-1, com o Torcatense, em jogo da 15ª jornada da série A do Campeonato de Portugal.

Se há jogos em que o futebol se torna injusto e o resultado final não demonstra aquilo que as equipas produziram dentro de campo este é claramente um deles. O futebol tem destas coisas…

A turma termal jamais mereceria o desfecho que acabou por se registar no final da partida, pois foi melhor em praticamente todos os aspectos do encontro, além de ser a única equipa que mostrou vontade de jogar um futebol ofensivo e de qualidade, mas no final o que contam são os golos e a formação comandada por Ricardo Silva, não demonstrou acerto na hora de rematar à baliza do Torcatense, sendo verdade também que a arbitragem de João Pereira acabou por ser infeliz, prejudicando a equipa da casa ao assinalar um penálti (inexistente), já ao cair do pano.

A equipa de visitante, apresentou-se com um bloco muito baixo, e raramente incomodou Pedro Freitas. Contudo, em dois lances de bola parada, acabou por ser feliz. Primeiro por Pedro Campos (25`), num livre direto executado de forma exemplar, abriu o marcador e já na parte final da partida, Pedro Rui (89`), de pénalti carimbou a vitória dos minhotos. Pelo meio, Carlos Mendes (68`), ainda marcou para a formação da casa, golo que acabou por ser insuficiente para a equipa termal alcançar um resultado positivo.

Foi um resultado injusto é certo, mas a eficácia é preponderante num jogo destes.

 

FICHA DO JOGO

Estádio da Portelinha, em Pedras Salgadas

Árbitro: João Pereira (AF Porto)
Assistentes: Vítor Ribeiro e Roberto Santos

Pedras Salgadas: Pedro Freitas, Rafa, Lamine, Carreira, Carlos Mendes, Zé Lopes (Miguel Teixeira, 65), Alex, Rui Jorge (Ricardo Lousada, 50`), Luís Neves, Miguel Lima e Lenno.
Treinador: Ricardo Silva

Torcatense: João Nuno, Vieirinha, R. Soares, Agostinho, Pedro Campos, Nené (Márcio Sousa, 90+3), Beni (Serginho, 72`), Xavi, Pedro Rui, Jussane e Bertinho (Jesus, 86`)
Treinador: Francisco Branco

Ao intervalo: 0-1

Golos: 0-1, Pedro Campos (25`); 1-1, Carlos Mendes (68´); 1-2, Pedro Rui (89`penálti).

Cartão amarelo a Vieirinha (40`), Luís Neves (49`), Miguel Teixeira (70`), Carreira (73`), Pedro Campos (77`), Carlos Mendes (88`), Jussane (90`) e Pedro Freitas (90+5`).

Menu