CP (Série A): Bragança-Montalegre, 0-1 (crónica)

Quarto triunfo consecutivo do CDC Montalegre

CDC Montalegre atravessa bom momento, mas ainda existe grande margem de progressão. GD Bragança fez tudo para levar um ponto.

Primeiro quarto de hora de jogo equilibrado e sem grandes oportunidades. A primeira parte foi bem jogada, apesar de não ter golos. O CDC Montalegre tenta assumir as rédeas do encontro, já o Bragança apostava em contra-ataques perigosos. Aos 13, Tiago Oliveira evita o golo dos da casa e no minuto seguinte é o guarda-redes da casa, Paulo Fernandes, a evitar o golo barrosão. Depois é Bah a rematar forte, para nova boa intervenção de Pedro Fernandes. Sinal mais para o Montalegre, que volta a criar perigo num disparo de Miguel Ângelo.

Responde o conjunto da casa, de bola parada, num livre de Silvano para boa defesa de Jeimes para canto. Antes do intervalo, e depois de um pontapé de canto, o Bragança cria algum perigo junto da baliza barrosã. Ao intervalo 0-0.

A etapa complementar começa com o golo do CDC Montalegre – excelente cruzamento de Tiago Oliveira e cabeceamento letal de Alsény Bah. Foi o primeiro com a camisola azul. A reação do Bragança tardou mas apareceu, com um cabeceamento de João Jesus por cima da trave. Ao minuto 63, excelente jogada dos brigantinos, cruzamento perfeito para o segundo poste mas Daniel Pires atira por cima. Homem golo precisa-se no GDB.

O Montalegre tenta marcar o segundo golo e Rúben Neves não aproveita o cruzamento milimétrico de Zack. Antes do final, destaque para um disparo de Daniel Pires, um dos mais inconformados da turma da casa. Os barrosões conseguem a quarta vitória consecutiva e o capitão João Fernandes foi o melhor em campo.

Reações dos treinadores:

“Custou acertar com o meio-campo do Montalegre, no entanto conseguimos repartir o jogo. Falta-nos fome do golo. O Montalegre é muito experiente mas o empate seria mais justo.”

Marco Móbil (Treinador do Bragança)

“Hoje ganhamos por 1-0 a uma equipa tradicionalmente difícil. Tivemos oportunidades para matar o jogo… Foi um jogo interessante, o Bragança jogou em transições e a tentar meter a bola nas costas da nossa defesa. Um jogo sem casos e tivemos as melhores oportunidades de golo. Estou satisfeito pela vitória mas queremos mais. Esta equipa será mais forte no futuro.”

José Manuel Viage (Treinador do Montalegre)

Texto: Nuno Carvalho

Foto: GD Bragança

BRAGANÇA – MONTALEGRE, 0-1

Bragança: Pedro Fernandes; David Carvalho; Allison; João Jesus; Cabecinha; Álvaro; Hudson (Rúben Gonçalves 68); Kika (Adriel 60); Francisco Bello (Marco Trigo 59); Nuno Silvano © e Daniel Pires.

Treinador: Marco Móbil

Montalegre: Jeimes; Tiago Oliveira (Vítor Pereira 87); Vítor Alves; Adílson Vaz: Luan: Lio Guerra; Miguel Ângelo (Zangão 87); João Fernandes ©; Rúben Neves (Ouattara 66); Alsény Bah (Vilmar 78) e Zack. (Angola 78).

Treinador: José Manuel Viage

Local: Estádio Municipal Engenheiro José Luís Pinheiro – Bragança.

Árbitro: Sérgio Guelho (AF Guarda)

Ação disciplinar: cartão amarelo para Adílson Vaz (25), Tiago Oliveira (32), Kika (41), Bah (47), Lio (58), Zack (64), Adriel (72), João Fernandes (85) e Nuno Silvano (90+4).

Ao intervalo: 0-0

Golos: 0-1 Alsény Bah (46)

Menu