CP | Pedras Salgadas – Limianos, 0-0 (crónica)

Empate soube ao pouco aos locais

É certo que foi apenas um ponto que o Pedras Salgadas somou na receção ao Limianos, equipa sensação da série A do Campeonato de Portugal, nesta 9ª jornada, mas que sabe a pouco pela qualidade de jogo que a equipa apresentou. Os homens da vila termal mandaram em quase todo o jogo, jogaram desde os 70 minutos em inferioridade numérica e terminam o encontro por cima do adversário.

O Pedras fez uma partida muito boa, com circulações perfeitas de bola e grande segurança em quase todas as ações que desenvolveu, mas foi no ataque que falhou, faltando mais agressividade nos últimos metros para alvejar com êxito a baliza Limiana. Houve alturas do jogo em que o domínio da formação termal foi intenso, e as oportunidades de golo foram surgindo. Faltou uma referência na área para espelhar no resultado essa superioridade demonstrada.

A partida fica marcada pela arbitragem negativa da equipa liderada por Ruben Cardoso . Entre vários erros, o mais marcante do juiz da AF Porto, acaba por ser a expulsão errada aos 70 minutos de Bruno Pereira, com vermelho direto, quando o jogador termal cortou a bola, num lance limpo.

Jogo realizado no Estádio da Portelinha, Pedras Salgadas

Árbitro: Ruben Cardoso (AF Porto) 

Pedras Salgadas: Samu, Edú, Rúben Pereira, Queirós, Bruno Pereira, Gabi , Aboubakar, Afonso (Tiago Leite, 46)), Nicolas (Talysson, 75), Igor (Miguel Teixeira, 65) e Pedro Ribeiro 

Treinador: Gustavo Souza 

Limianos: Guilherme, Luis Pimenta, José Santos, Zé Pimenta, Xavi, João Freitas (Nelson, 80), Mika (Vasco Costa , 77), Cláudio Dantas (Joel Marques, 60), Rui Magalhães (Diego, 60), Leo Costa e Fábio Pimenta (Joca, 73).

Treinador: José Carlos Fernandes

Ação disciplinar: cartão amarelo para Afonso (17), Igor (36), Aboubakar (42), Xavi (50) e João Freitas (77). Cartão vermelho para Bruno Pereira (70).

Por Luis Roçadas

Menu