Conselho de Disciplina arquiva processo de averiguações a árbitro Rui Silva e seus assistentes

Em causa estavam alegados atos de corrupção feitos por denuncia anónima

O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol decidiu arquivar o processo de averiguações instaurado à equipa de Arbitragem da AF Vila Real, composta pelo árbitro Rui Silva e árbitros assistentes Nuno Fraguito e Bruno Pereira e ao SC Salgueiros, em causa estava uma denúncia anónima, recebida na plataforma integridade.fpf.pt, datada de dia 3 de dezembro de 2020, nomeadamente no que concerne à afirmação de que a «[n]o jogo relativo à segunda eliminatória da Taça de Portugal 2020/2021, que opôs o Futebol Clube de Pedras Rubras e o Sport Comércio e Salgueiros que ocorreu no dia 11 do mês de Novembro do presente ano, a equipa de arbitragem composta pelo
juiz Rui Silva e pelos assistentes Nuno Fraguito e Bruno Pereira foi corrompida por dirigentes do Sport Comércio e Salgueiros no distrito de Vila Real durante a semana que antecedeu à partida e coagidos através de ameaças nas redes sociais pela claque “Alma Salgueirista”, pode ler-se no relatório de tramitação processual.

Pelo exposto, considerando que à luz do disposto no artigo 233.º, n.º 5 do RDFPF, «[a] denúncia anónima só pode determinar a abertura de processo disciplinar se [a)] Dela se retirarem indícios da prática de infração; ou [b)] Constituir infração disciplinar», deve o presente processo de averiguações, à luz do que dispõem os artigos 249.º, n.º 5 e 239.º, n.º 4, alínea a), todos do RDFPF, ser arquivado, uma vez que, como bem aponta a senhora Instrutora, «não foi possível apurar a existência de indícios da prática de infração disciplinar e dos seus autores, nem se crê que tenhamos possibilidade de os angariar», pode ler-se no acórdão.

Assim, o Conselho de Disciplina da FPF decidiu por unanimidade ” com os fundamentos expostos, ordenar o arquivamento dos presentes autos”.

PODE LER O ACÓRDÃO NA SECÇÃO NÃO PROFISSIONAL DO CONSELHO DE DISCIPLINA – ACÓRDÃO – PROCESSO DE AVERIGUAÇÕES N.º 28 – 2020/2021 – REUNIÃO 29-01-2021 AQUI

Por Luis Roçadas

Menu