Clubes dos Distritais correm o risco de não subir ao Campeonato de Portugal

Os clubes dos campeonatos distritais, que terminaram de forma prematura, correm o risco de não serem promovidos ao Campeonato de Portugal.

Após uma reunião, realizada ontem, a direção da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), veio através de um comunicado, informar que “no acesso a provas nacionais na época 2021/2022, a FPF reserva-se no direito de recusar ou avaliar a admissão de qualquer clube proposto cuja competição distrital ou regional de acesso à prova nacional tiver terminado prematuramente”.

A FPF aponta que esta decisão se deve ao facto de as “competições distritais ou regionais não terem terminado prematuramente com base em motivos legítimos e justificados ou com base em qualquer motivo legítimo relacionado com saúde pública”, de “os clubes terem sido escolhidos após um procedimento que não seja objetivo, transparente e não discriminatório, levando a considerar que os clubes indicados não se qualificaram com base no mérito desportivo”. O último motivo apontado é o da possível existência da perceção pública de injustiça na indicação do clube.

Menu