Carlos Pinto abandona GD Chaves “por mútuo acordo”

Clube flaviense anunciou decisão através de comunicado.

Carlos Pinto e o Grupo Desportivo Chaves chegaram esta segunda-feira a acordo para rescindir o contrato que unia as duas partes. Segundo comunicado oficial, a rescisão do vínculo laboral aconteceu por mútuo acordo.

“A estrutura diretiva do Clube e da SAD informam que, por mútuo acordo, Carlos Pinto cessou funções enquanto treinador desta Sociedade Desportiva.
Agradecemos a Carlos Pinto todo o empenho e profissionalismo que sempre empregou ao serviço desta instituição e desejamos os maiores sucessos pessoais e profissionais”, pode ler-se.

Por Luis Roçadas

Menu