Campeonato de Portugal de Montanha decidiu-se em Boticas

Motores

Boticas foi palco, no passado fim de semana, dias 28 e 29 de setembro, da 4ª edição da Rampa de Boticas, última prova do Campeonato de Portugal de Montanha JC Group 2019.

Quatro dezenas de pilotos participaram nesta edição do evento, candidato ao FIA Hill Climb Masters 2020, organizado pelo Demoporto – Clube de Desportos Motorizados do Porto com o apoio do Município de Boticas.

O Campeonato de Portugal de Montanha terminou com a vitória e coroação de João Fonseca como Campeão Nacional Absoluto de Montanha e da categoria de Protótipos.

O piloto da Covilhã alcançou um fantástico registo ao levar o seu Silver Car EF 10 até ao topo do Miradouro de Seirrãos em 2:20.051.

O 2º lugar, com apenas 0,5 segundos de diferença, foi conquistado pelo piloto da JC Group, José Correia (Osella PA2000 EVO2), sendo que o terceiro e último lugar do pódio absoluto foi para Hélder Silva e para o seu Juno CN 09.

Luís Nunes (Ford Fiesta ST R5), natural de Valpaços, fez a festa na vila barrosã ao sagrar-se campeão da divisão Turismo 2.

Boticas foi também palco da consagração do transmontano Joaquim Teixeira (Seat Leon Supercopa MK3) como vencedor da divisão de Turismo 3, logo seguido da jovem piloto Gabriela Correia (Seat Leon Supercopa MK3), única participação feminina na prova.

Ainda no Nacional de Montanha, destaque para o flaviense Luís Delgado, vencedor da divisão de Turismo 4, na sua estreia ao comando de um KIA CEE’D.

Quanto à prova regional, a 4ª edição da Rampa de Boticas contou com a participação de três pilotos da terra, sendo que apenas Bruno Gonçalves, ao volante de um Vauxhall Corsa VXR Turbo, conseguiu chegar ao podium, alcançando o terceiro lugar final, categoria onde participaram também António Gonçalves e Luís Pires.

Na cerimónia protocolar, o Presidente da Câmara Municipal, Fernando Queiroga, destacou “as excelentes caraterísticas da pista e a forma exemplar como decorreu mais uma Rampa de Boticas”, acrescentando que “a segurança dos pilotos e do público voltou a ser um dos fatores a evidenciar-se nesta edição da prova”.

“Creio que estão reunidas as condições para que no próximo ano, em 2020, a Rampa de Boticas seja palco de uma competição europeia. Vamos aguardar com serenidade e confiança uma decisão positiva por parte da Federação Internacional de Automobilismo”, disse o autarca.

Luís Nunes celebrou título de campeão em Boticas
Joana Gonçalves esteve em destaque na Taça do Mundo de Enduro

Conteúdo relacionado

Menu