Campeonato de Portugal: a análise aos resultados da 18ª jornada das equipa transmontanas

O Vidago foi a única equipa de Trás-os-Montes a vencer na 18ª jornada e como prémio ultrapassou o Pedras Salgadas, estando agora fora da zona de despromoção. O Bragança empatou em casa com o Vimioso, resultado que deixa o conjunto brigantino numa posição delicada na luta pela manutenção e que confirma a descida de divisão do elenco de Eurico Martins.

Foram estas as principais notas de destaque do fim de semana. No que se refere às equipas transmontanas, não houve mexidas na tabela classificativa, excetuando a já referida troca entre Vidago e Pedras. A tarefa não se adivinhava fácil para os vidaguenses pois tinham pela frente uma receção ao Merelinense, segundo classificado. A turma da casa até esteve em desvantagem mas uma segunda parte mais feliz, no que toca à eficácia, permitiu a reviravolta no marcador e a vitória por 2-1. Apesar de ter caído para a nona posição, o Pedras foi uma das boas surpresas da jornada. A equipa termal rubricou uma excelente exibição e arrancou uma igualdade a uma bola em casa do Braga B, líder destacado da Série A. 

Quem também surpreendeu, mas pela negativa, foi o Bragança. A equipa de Rafael Nascimento vai no sexto jogo consecutivo a pontuar mas perdeu pontos numa jornada em que se esperava o contrário.  O nulo frente ao Vimioso coloca o Bragança a quatro pontos do Pedras Salgadas. A  turma brigantina tem vantagem nesse confronto direto mas, tendo em conta que tem três deslocações nas jornadas que restam, será uma tarefa bem complicada recuperar a desvantagem pontual em relação a Pedras e Vidago. O Vimioso, apesar do empate, confirmou matematicamente a descida de divisão. os comandados de Eurico Martins mesmo ganhando todos os jogos até final somariam apenas 20 pontos, que seriam insuficientes pois Pedras (20) e Vidago (19) vão se defrontar na próxima jornada.

Na luta pelo terceiro lugar da Série A não houve mudanças. Mirandela e Montalegre alcançaram, ambas, empates nas suas visitas ao Minho, mantendo-se assim a distância de três pontos entre si. O Mirandela registou um nulo frente ao Vianense. A equipa de Rui Borges continua com um registo muito interessante fora de casa, com apenas uma derrota sofrida, frente ao Braga B, que será o seu próximo adversário no campeonato.   Já os homens do Barroso conseguiram resgatar um ponto em Vila Verde. O 2-2 de Zangão surgiu no tempo de desconto e foi um valente balde de água fria para o Vilaverdense que é sétimo classificado mas está a apenas dois pontos da linha de água. O Montalegre recebe o Maria da Fonte na próxima jornada. Um jogo que se espera bem interessante pois a turma minhota, com dois jogos em atraso, tem apenas três pontos de desvantagem em relação ao grupo de José Manuel Viage.

Mondinense continua sem vencer

Na Série B, o já despromovido Mondinense sofreu mais uma pesada derrota ante o Berço. Em terra de D. Afonso Henriques, a turma da casa foi quem reinou. Triunfo por 4-1, com o golo da equipa de Francisco Lemos a ser apontado por José Campelo, ele que, aos 80 minutos, acabaria expulso por vermelho direto. O conjunto transmontano, que irá folgar esta semana, continua com apenas um ponto somado nos 15 jogos que já disputou.

Vila Real perde mas mantém distâncias

Na Série C, o Vila Real não conseguiu trazer pontos do reduto do Amarante. A derrota por 1-0 dos comandados de Nuno Barbosa acaba por não ser tão significativa na luta pela manutenção pois os restantes adversários também perderam. Deste modo, os alvinegros continuam a olhar bem de perto para Salgueiros e Paredes que estão acima, nos lugares de manutenção, com um e dois pontos de vantagem, respetivamente. Estas duas equipas vão se defrontar na jornada 19 e, por isso, uma vitória do Vila Real no próximo jogo permitiria aos transmontanos sair da zona de despromoção. No entanto, a tarefa não será fácil pois irá receber o Trofense, atual terceiro classificado e que é, sem dúvida, uma das melhores equipas desta série. 

Hugo Pires (Jornalista)

Menu