Campeonato de Portugal: a análise aos resultados da 17ª jornada das equipa transmontanas

Jogou-se no passado fim-de-semana mais uma jornada do Campeonato de Portugal. Com o final da 1ª fase a aproximar-se, todos os pontos em disputa são cada vez mais importantes para as contas finais. Nesta jornada, e no que às equipas transmontanas diz respeito, o Mirandela foi o grande destaque pela positiva já que foi a única formação a sair vitoriosa.

Comecemos então por essa vitória do Mirandela por 2-1 frente ao Maria da Fonte. A turma da casa construiu o triunfo ainda na primeira parte com golos de Aliu e Diogo Motty. Os  pontos conquistados permitiram aos alvinegros distanciarem-se do Montalegre que, a jogar em casa, não foi além de um empate a zero frente ao Bragança. Nota para o estado “pesado” do relvado, impróprio para a prática do futebol. Os barrosões seguem em 4º lugar, agora a 3  pontos do Mirandela. Já o Bragança continua a pontuar e a manter viva a esperança da manutenção. 

Nesta Série A, quem também está nessa luta pela manutenção é o Juventude Pedras Salgadas e o Vidago. Os primeiros não conseguiram mais que um empate caseiro frente ao Vianense, perdendo uma boa oportunidade de se aproximar do conjunto minhoto. Apesar da excelente réplica, o Vidago não conseguiu pontuar na recepção ao Sp. Braga B, líder destacado desta série.  Com estes resultados, o Pedras Salgadas chega aos 18 pontos e sai da zona de despromoção. Atrás de si segue o Vidago e o Bragança, com 17 e 15 pontos, respectivamente.  Em último lugar está o Vimioso que esta jornada foi goleado no terreno do Merelinense. Um expressivo 6-1 que deixa a equipa transmontana praticamente condenada à descida de divisão. Tem apenas 7 pontos e continua a 6 do Cerveira, que esta jornada também não pontuou frente ao Vilaverdense.

Nas outras séries, Mondinense, já despromovido, folgou nesta jornada. Na série C, o Vila Real recebeu e venceu o Pedras Rubras, em jogo em atraso da 11ª jornada. Apesar deste triunfo convincente, a vitória do Salgueiros face ao Amarante (3-0), deixou, na mesma, o clube transmontano na zona de despromoção. A meio da semana, houve outro resultado que não deve ter agradado a Nuno Barbosa e às suas tropas. O Pedras Rubras, num jogo em que foi super eficaz, surpreendeu o Marítimo B por 2-1, em Lousada, “casa emprestada” dos insulares. Os alvinegros viram assim o Pedras Rubras fugir na classificação mas estão a apenas um ponto do Salgueiros e a 2 do Paredes. O sonho da manutenção continua bem vivo. 


Jornada 18 pode ser benéfica para o Bragança

O calendário da próxima jornada faz perspectivar uma aproximação do Bragança aos lugares que garantem a manutenção. A  equipa de Rafael Nascimento recebe o Águias de Vimioso e caso confirme o seu favoritismo pode colar-se aos seus rivais já que estes têm jogos, aparentemente, bem mais complicados. O Pedras Salgadas vai a casa do Braga B, enquanto que o Vidago recebe o Merelinense, actual segundo classificado.  A luta pelo terceiro lugar joga-se fora de portas. O Mirandela vai jogar com o Vianense, jogo que pode acompanhar no facebook da equipa minhota, e o Montalegre irá até Vila Verde defrontar o actual 7º classificado que está na luta pela permanência.

Na Série B, o Mondinense, apenas a cumprir calendário, irá procurar deixar a melhor imagem possível na deslocação ao terreno do Berço FC. Já na Série C, o Vila Real tem mais um importante encontro na perseguição aos seus rivais. O jogo é em Amarante e a turma transmontana vai em busca de pontos e de, quem sabe, vingar a derrota sofrida na 1ª volta (1-2).

Todos os jogos se vão realizar às 15h de domingo (28).

Hugo Pires (Jornalista)

Menu