Benfica vence Chaves e conquista a Taça de Portugal feminina de futsal

O Benfica conquistou, este domingo, a Taça de Portugal de futsal feminino, ao vencer o Grupo Desportivo Chaves, por 5-0, na final disputada no Centro de Desportos e Congressos de Matosinhos.

Um ‘bis’ de Sara Ferreira (sete e 29 minutos) e os golos de Maria Pereira (26), Janice Silva (31) e Fifó (38) ofereceram o quinto troféu consecutivo às ‘águias’.

Já as flavienses fizeram história ao chegar à final da prova referente à temporada 2019/2020.

Ficha de jogo

Meias-finais da Taça de Portugal de futsal feminino
Centro de Desportos e Congressos de Matosinhos

SL Benfica 5-0 GD Chaves (1-0 ao intervalo)

Árbitras: Filipa Prata e Maria Araújo
3.º árbitro: Vânia Silva
Cronometrista: Tânia Silva

SL Benfica: Ana Catarina, Inês Fernandes (Cap.), Janice Silva, Fifó e Raquel Santos
Jogaram ainda: Catarina Lopes, Claudinha, Ana Pereira, Sara Ferreira, Maria Inês Cabral, Helena Nunes e Beatriz Sanheiro
Treinador: Pedro Henriques
Golos: Sara Ferreira (7′ e 31′), Ana Pereira (26′), Janice Silva (31′) e Fifó (38′)
Ação disciplinar: Cartão amarelo a Inês Fernandes (15′)

GD Chaves: Jéssica Figueiras, Ângela Sousa, Nady Brito, Kaká (Cap.) e Dani
Jogaram ainda: Joana Pereira, Ângela Guedes, Raquel Matos, Bruna Salgado e Catarina Silva
Treinador: Rute Carvalho
Golos: nada a assinalar
Ação disciplinar: Cartão vermelho a Kaká (30′) e amarelo a Dani (38′)

Kaká, capitã do GD Chaves:
“Houve muita vontade e garra, mas estamos com um plantel curto e precisávamos de mais recursos. Fizemos frente a uma das melhores equipas do campeonato e demos tudo. Infelizmente, não conseguimos, mas acho que devemos estar super orgulhosas do que fizemos até agora. Aguentámos 1-0 até ao intervalo e acreditámos sempre até ao fim. Só o facto de termos chegado aqui é um orgulho enorme”.

Rute Carvalho, treinadora do GD Chaves:
“Faltaram soluções. Não é desculpa, mas tinha sete jogadoras de campo. Com o jogo de ontem, sabia que iria ser uma luta muito desigual. Pensei que iriamos perder a organização mais cedo, fruto das dificuldades físicas. O Benfica é uma das melhores equipas nacionais e internacionais, até. São justos vencedores, acho que merecíamos pelo menos um golo”.

Texto: Redação

Foto: GD Chaves

Menu