André Pires em 19.º lugar no GP de Macau

Motores

André Pires ficou em 19.º lugar no Grande Prémio de Macau. Depois de ter qualificado na 21ª posição o piloto de Vila Pouca de Aguiar, fechou as oito voltas aos 6120 metros do mítico Circuito da Guia na 19ª posição a pouco menos de um minuto e 15 segundos do vencedor, o britânico Peter Hickman, que tinha ficado em segundo lugar na mesma prova em 2017, marcada pelo acidente mortal de Daniel Hegarty.

O mais importante foi “chegar ao fim”, um ano depois de ter abandonado. “Acho que a posição não interessa aqui, é chegar ao fim. Foi muito bom porque a mota é nova”, disse o piloto aguiarense à agência Lusa.

As expectativas são “as de sempre”: arranjar uma equipa e patrocínios, algo “difícil” em Portugal. “Se for um ano bom em Portugal, com bons treinos, conseguimos chegar cá com bons resultados. Agora assim tem sido difícil, devido aos patrocínios, que é sempre os problemas dos portugueses. Não é só a minha guerra, é a de todos os pilotos”, lamentou.

 

Francisco Marrão termina época no Estoril
Enduro: Rui Gonçalves e Joana Gonçalves representaram seleção no Chile

Conteúdo relacionado

Menu