André David agrediu técnico adversário no final do jogo Loures-Anadia

O técnico transmontano André David, que orienta do Loures, da série C do Campeonato de Portugal, terá agredido com um quadro tático este domingo o treinador adversário, Nuno Pedro, do Anadia, no final do encontro entre as duas equipas, que terminou empatado a um golo, quando se iam cumprimentar ainda no terreno de jogo, noticiou o JN.

O técnico agredido terá ficado inanimado no chão durante alguns minutos até ser assistido pelos bombeiros e depois transportado para o Hospital de Loures. De acordo com a mesma fonte, o árbitro do encontro assistiu a tudo e a PSP tomou conta da ocorrência, identificando o agressor.

A atitude do técnico natural de Sabroso de Aguiar (Vila Pouca de Aguiar), segundo o JN, estará relacionada com os festejos eufóricos do golo do empate obtido já em tempo de compensação, tendo nessa altura alegadamente sido insultado pelo técnico do Anadia, Nuno Pedro.

Em comunicado publicado nas redes sociais, o Loures “lamentou profundamente os factos”.

Eis o comunicado do clube do Loures:

“A Direcção do Grupo Sportivo de Loures, lamenta profundamente os factos que ocorreram durante o jogo e após o apito final do árbitro, no jogo disputado no Campo José da Silva Faria em Loures, a contar para a 18 jornada, da série C, do Campeonato de Portugal.

Sendo um jogo de futebol, onde devem imperar os valores da ética desportiva para além de outros, a Direcção deste Clube Centenário, lamenta igualmente, que não haja limites durante os 90 minutos, para alguns agentes desportivos, que nefastamente prejudicam o futebol e as entidades (Clubes) que representam, originando incidentes, tais como os que hoje ocorreram após o apito final do árbitro.

A Direcção do Grupo Sportivo Loures, quer aqui apresentar os mais respeitosos cumprimentos, à sua congénere do Anadia Futebol Clube, na pessoa do seu Presidente.”

 

Menu