AFVR (Divisão de Honra): os destaques da jornada 27, por Hugo Teixeira

Mais uma jornada da Divisão de Honra da Associação de Futebol de Vila Real (AFVR), com vários temas relevantes. Uma vez mais, o Hugo Teixeira olhou para a ronda e detalhou os destaques da jornada 27.

Equipa da Jornada


A equipa em destaque esta jornada, é o SC Régua.Os durienses conseguiram uma difícil vitória por 2-3, perante o Mondinense, que já não perdia há dez jornadas, desde o dia 13 de Janeiro, e num terreno onde o líder tinha empatado. A turma de Diogo Castela até esta jornada, em treze jogos realizados no seu estádio, tinha apenas uma derrota, foi frente ao Abambres. Com esta vitória, os pupilos de Paulo Ferreira deixam tudo na mesma no topo da tabela, mantendo os cinco pontos de desvantagem para o líder, Vila Real, e continuam à espera de um deslize da equipa vilarealense, para ainda poderem sonhar com o título de campeão distrital.

A Figura

Nesta jornada destacamos dois jogadores, Eduardo Arada (Atei) e Miguel Teixeira (FC Santa Marta), ambos autores de três golos (hat trick).
O primeiro, ajudou à vitória do Atei em Fontelas, por 0-5, naquele que foi o primeiro triunfo do técnico Zé Rui, desde que assumiu o comando da equipa como treinador principal. Um golo de penalti no decorrer da primeira parte, e outros dois na etapa complementar, deram o primeiro hat trick da época ao jovem avançado, que soma agora 12 golos em 24 jogos efetuados no campeonato.
Já no Santa Marta, Miguel Teixeira fez as vezes de João Nuno (que desta vez ficou em branco), e contribuiu para a vitória caseira dos penaguiotas perante o Sabroso, por 6-0. Ele que chegou no fim de Janeiro para reforçar a turma de João Valente, vindo do Pedras Salgadas, e que em nove jogos realizados até ao momento, marcou 6 golos, tendo apontado também o seu primeiro hat trick da época.

O Momento

O momento da jornada passou-se no jogo grande desta ronda, Mondinense – Régua. Ao minuto 67′, o brasileiro Juninho bisou e apontou de livre direto o golo da vitória por 2-3, golo esse que mantém a sua equipa na luta pelo primeiro lugar, e numa altura em que os reguenses jogavam reduzidos a dez unidades, desde o minuto 60′, e tinham também visto duas grandes penalidades serem assinaladas contra si, com uma ainda a ser defendida pelo guarda redes Dmitrii.
Se na jornada transata, a formação reguense tinha ido para intervalo a perder por duas bolas e deu a volta na segunda parte, nesta foi a vez dos durienses chegarem ao final dos 45 minutos a vencer por 0-2, e virem-se empatados a duas bolas no decorrer da etapa complementar, para depois conseguirem o golo que lhes deu o triunfo. Diga-se também que com estes dois golos, Juninho tem agora quinze apontados no campeonato.

Sinal Mais

Sinal positivo para o Vidago.A formação agora orientada por Vítor Gamito, voltou às vitórias perante o Ribeira de Pena, por 2-0, com o técnico flaviense a conseguir a sua primeira vitória, no segundo jogo efetuado ao comando da equipa termal.

Destaque também para as goleadas de FC Santa Marta e Vilar de Perdizes, que continuam assim a “luta” pelo melhor ataque do campeonato. Os penaguiotas lideram com 93 golos marcados, logo seguidos pelos ‘Guerreiros da Raia’ que têm 88 tentos em 27 jornadas.


Sinal Menos
Nesta jornada, atribuímos de novo sinal menos ao Ribeira de Pena. A turma de Justino Ribeiro parece não conseguir sair da má fase que atravessa, e somou neste domingo a sua quarta derrota consecutiva, algo que não acontecia desde a época 2016/17.
Na próxima jornada, os ribeirapenenses recebem o último classificado, Alijoense, naquele que poderá ser o jogo ideal para regressar às vitórias.

Destacamos também pela negativa, as goleadas que os últimos cinco classificados sofreram (Cumieira e Fontelas, 5-0; Sabroso, 6-0; Salto, 5-1; e Alijoense, 0-5), mostrando mais uma vez o desequilíbrio que existe no campeonato, algo que também não é muito positivo para o mesmo.

Menu