AFVR (Divisão de Honra): Os destaques da jornada 25, por Hugo Teixeira

Conheça os destaques da jornada 25 da Divisão de Honra da Associação de Futebol de Vila Real (AFVR), sob o olhar de Hugo Teixeira.

EQUIPA DA JORNADA

Esta jornada, a equipa em destaque é o Abambres. Os comandados de José Gomes, bateram em casa o SC Régua por uma bola a zero, naquela que foi a primeira derrota em todo o campeonato, da equipa reguense. O histórico dos embates entre as duas formações nas últimas épocas, quando jogam no Dona Maria de Lurdes do Amaral, mostrava que as equipas têm alternado na vitória:-

  • 2014/15, vitória do Abambres (3-1)
  • 2015/16, vitória do Régua (1-3)
  • 2016/17, vitória do Abambres (2-1)
  • 2017/18, vitória do Régua (0-1)

Esta época, foi mesmo a vez da equipa da cidade de Vila Real voltar a vencer, travando o 2º classificado na perseguição que estava a efetuar ao líder, Vila Real.

A FIGURA

Mais uma vez, o jogador em destaque desta jornada foi João Nuno.
O ponta de lança do FC Santa Marta, continua a bater recordes e apontou mais um hat-trick, na goleada da equipa penaguiota ao Alijoense, por 9-0, golos esses todos apontados na etapa complementar da partida.
Lidera agora a tabela dos melhores marcadores com 34 golos em 25 jornadas, e apontou neste domingo o seu terceiro hat-trick (3 golos) do campeonato, ao que soma também, mais sete bis (2 golos) e um poker (4 golos).
Este era um jogo que se antevia fácil para a equipa de João Valente, que aproveitou para golear por 9 bolas a zero o seu opositor, e igualar a maior goleada do campeonato, também 9-0 do Vilar de Perdizes ao Fontelas.

O MOMENTO

O momento desta jornada ocorreu no Abambres-Régua. Decorria o minuto 28, quando Pires apontou o primeiro e único golo da partida, que valeu a vitória da equipa abambrina, perante os durienses. Este golo pôs fim ao ciclo de oito jogos consecutivos sem sofrer qualquer golo da equipa reguense e custou a primeira derrota da época no campeonato, sendo apenas o oitavo golo sofrido pelos pupilos de Paulo Ferreira em 25 jornadas.
Foi também o primeiro golo sofrido pelo jovem guarda redes reguense Dmitrii, ao fim de sete jornadas como titular, ele que ainda assim efetuou uma boa exibição, negando outras oportunidades de golo da equipa da casa.

SINAL MAIS

Sinal mais nesta jornada, para as equipas do Vila Real e Fontelas. A formação vilarealense, passou com distinção na deslocação que se antevia extremamente complicada a Vilar de Perdizes, e venceu por 2-5. Conseguiu ainda beneficiar da derrota do SC Régua, e lidera agora o campeonato com cinco pontos de vantagem. Já o Fontelas, continua a mostrar a boa fase pela qual está a passar, e voltou às vitórias, desta feita perante o Ribeira de Pena, por duas bolas a zero, somando a sua terceira vitória no campeonato, algo que não acontecia desde a época 2015/16. Abandonou também a penúltima posição da tabela e subiu dois lugares, ocupando agora o 15º posto.

Numa jornada, com várias goleadas e a mais produtiva da época (47 golos em nove jogos), há também que destacar o jogo com maior número de golos de todo o campeonato, o Cerva – Atei, que terminou 6-4, quando no final dos primeiros 45 minutos, o marcador assinalava 2-0. A evolução do marcador na 2ª parte foi 3-0, 4-0, 4-1, 5-1, 5-2, 5-3, 6-3 e o 6-4 final já nos descontos. Sem dúvida, um hino ao futebol, e a mostrar que ambas as equipas, procuraram sempre a baliza adversária até ao final da partida.

SINAL MENOS

Com sinal negativo apontamos as formações do Ribeira de Pena e Alijoense. A turma dirigida por Justino Ribeiro, perdeu em Fontelas por 2-0 e somou a segunda derrota consecutiva, depois dos 0-4 com o Mondinense na jornada transata. Algo que, não era com certeza esperado pela equipa ribeira-penense, sobretudo quando parecia atravessar uma fase positiva, depois de há duas jornadas atrás ter vencido em Cerva. Já a formação de Alijó, parece não conseguir pôr fim à má fase que atravessa, obteve a sua 9ª derrota consecutiva e aumentou para dezasseis, os jogos sem vencer. Foi goleada por 9-0 e não marca um golo há cinco jornadas, somando também 24 golos sofridos nos últimos cinco jogos.

Hugo Teixeira

Menu