AFVR (Divisão de Honra): Os destaques da jornada 20, por Hugo Teixeira

Os destaques e o sinal mais e menos da jornada 20 da Divisão de Honra da AF Vila Real (AFVR), sob o olhar de Hugo Teixeira.

Equipa da Jornada

Esta semana a equipa que mais se destacou foi, a formação do Vilar de Perdizes, com a vitória por 9-0 frente ao último classificado, Fontelas.
Esta passou assim a ser a maior goleada do campeonato, até ao momento, mostrando a veia goleadora da equipa de Tony da Silva, que igualou assim, o melhor ataque do campeonato com 65 golos apontados, a par do FC Santa Marta.
Diga-se que desses 65 golos, 50 foram apontados a jogar em casa.

 

Maiores goleadas:

Vilar de Perdizes 9-0 Fontelas (Jornada 20)

Régua 8-0 Cumieira (Jornada 1)

Mondinense 8-0 Sabroso (Jornada 5)

Vila Real 8-0 Alijoense (Jornada 10)

 

A figura

O jogador que mais se destacou nesta jornada foi, Edu Paiva do Vilar de Perdizes.
O avançado esteve numa tarde inspirada e apontou um poker (4 golos), na vitória dos Guerreiros da Raia por 9-0.
Sobe assim para seis, o número de golos no campeonato, e consegue num só jogo, o dobro dos golos que tinha apontado até ao momento, ele que já foi o 3º melhor marcador do campeonato na época 2015/16, na altura também ao serviço do Vilar de Perdizes.

 

O momento

O momento da semana foi protagonizado por André Ribeiro.
O guarda redes do SC Vila Pouca, foi o autor do golo do empate (1-1) da equipa aguiarense no terreno do líder, SC Vila Real, golo esse apontado já nos descontos.
Na sequência de um canto, o jovem guarda redes de 20 anos subiu à área contrária para ajudar a sua equipa, num dos últimos lances do jogo e conseguiu no meio da confusão no interior da grande área, enviar a bola para o fundo das redes, retirando assim 2 pontos ao líder e dando o primeiro empate à turma aguiarense no campeonato, ao fim de 20 jornadas.

 

Sinal +

Nesta semana, damos sinal mais à equipa do Ribeira de Pena.
A equipa ribeirapenense, comandada por Justino Ribeiro, conseguiu finalmente, volvidas oito jornadas e mais de dois meses depois, voltar às vitórias no campeonato, efetuando uma boa exibição e materializando em golos o domínio que teve durante o jogo.

 

Sinal –

O sinal menos da jornada vai para a formação do Fontelas.
O lanterna vermelha averbou a maior goleada do campeonato na deslocação ao Campo da Lage, e passou também a ser a pior defesa, com 64 golos sofridos.
Já se esperavam bastantes dificuldades para a equipa devido aos muitos castigos e jogadores indisponíveis, e o pior veio mesmo a confirmar-se.
Apesar de tudo, os jovens jogadores da equipa fontelense, não baixam os braços perante as dificuldades que atravessam época após época, e prometem continuar a lutar semana após semana, em busca da tão desejada vitória.

Por: Hugo Teixeira

Menu