AFVR (Divisão de Honra): os destaques da 28ª jornada, por Hugo Teixeira

Uma vez mais, o Hugo Teixeira olhou para o Campeonato da Divisão de Honra da Associação de Futebol de Vila Real (AFVR) e detalhou os destaques da ronda 28.

Equipa da Jornada

A formação que se destacou mais neste domingo, foi o Fontelas. Os comandados de Hélder Ferreira empataram em casa do 2º classificado, SC Régua a três bolas, num jogo em que entraram cedo a perder mas no qual deram a cambalhota no marcador ainda antes do intervalo, e chegariam ao fim dos primeiros 45 minutos a vencer por 1-2.
Na etapa complementar, se a surpresa já era muita pela equipa reguense estar a perder, e quando se esperava a reação do Régua, foi mesmo o Fontelas a fazer o 1-3 a meio do segundo período algo em que, poucos acreditariam ser possível antes do encontro se iniciar. Apesar de tudo, e já reduzida a dez elementos, a equipa fontelense não foi capaz de segurar a vitória e já nos descontos, o 3-3 chegou para fixar o placard final, resultado que ainda assim não deixa de ser surpresa. Esta foi apenas a segunda vez em todo o campeonato, que a equipa orientada por Hélder Ferreira apontou três golos num só jogo.

A Figura

O atleta eleito como a figura desta jornada, foi Fellipe Veloso.
O ponta de lança brasileiro do SC Vila Real, apontou uma manita (cinco golos) no encontro frente ao Sabroso, igualando o seu record de quatro jornadas consecutivas a marcar, e soma agora 15 golos apontados no campeonato em 17 jogos efetuados.
Esta época, João Nuno, Vieira, Quinzinho e Edu Paiva já tinham apontado um poker (quatro golos), mas depois desta jornada Fellipe Veloso é o primeiro jogador a fazer mais de quatro golos num só jogo.

O Momento
Assinalamos o momento da jornada no Régua – Fontelas. O encontro realizado este domingo juntou dois irmãos, Zé Miguel do SC Régua e Jokito do lado do Fontelas. Ambos os atletas de 23 anos, iniciaram a época na equipa reguense mas com o decorrer do campeonato e durante o mês de Janeiro, Jokito saiu para o Fontelas. Nesta jornada registou-se a curiosidade de ambos se encontrarem dentro das quatro linhas durante 45 minutos, até à substituição de Zé Miguel ao intervalo.

Sinal Mais
Destaque nesta ronda para Vila Real e Cumieira.
A equipa alvinegra “passeou” mais uma vez em campo e venceu facilmente o Sabroso por 8-0, mesmo tendo jogado toda a segunda parte com dez jogadores. Depois do empate em Mondim de Basto, esta foi a quinta vitória consecutiva da equipa de Patrick Canto, que nos últimos cinco encontros, apontou 30 golos! Quanto à formação do Cumieira, venceu no seu terreno o Vidago por 3-2. A formação comandada por Rui Gonçalves, entrou praticamente a perder no jogo e chegou ao intervalo em desvantagem, 0-1. Já na etapa complementar, deram a cambalhota no marcador, e em cinco minutos apontaram três golos. Esta foi a sua sétima vitória no campeonato, seis das quais ocorreram a jogar em casa, sendo que venceram os últimos três encontros realizados no Campo da Flávia.

Sinal Menos
O sinal menos desta jornada vai para Sabroso eRégua.A equipa de Marco Jesus, foi goleada em casa do líder por 8-0 e aumentou assim para dez, a série de jogos sem vencer. Ao intervalo já perdiam por 6-0 e apesar de ter disputado toda a segunda parte com mais um jogador, por expulsão do guarda redes do Vila Real, Altenir, não foi mesmo assim capaz de deixar outra imagem em campo, com o “Bila” a conseguir ainda apontar mais dois golos. Esta foi a segunda derrota por 8-0 do Sabroso no campeonato, e com 14 golos sofridos nos últimos dois jogos, passaram a ser a pior defesa com 90 golos.

Já a formação da Cidade do Vinho 2019, foi surpreendida no Artur Vasques Osório pelo Fontelas, e esteve perto de averbar a primeira derrota no seu estádio, já que aos 90 minutos de jogo perdia por 1-3, tendo conseguido os dois golos que deram o empate já em período de descontos. De referir ainda, que este foi o quarto jogo consecutivo dos reguenses a sofrer golos, oito na totalidade, um numero que acaba por ser significativo, dado que até à jornada 24 tinham apenas sete tentos sofridos.
Quando se previa que a próxima jornada pudesse ser decisiva na luta pelo título (deslocação do Régua a Vilar de Perdizes, e com o Vila Real a jogar em Santa Marta), e apesar de ainda faltarem seis, este empate pode ter hipotecado de vez as hipóteses da equipa reguense, já que deixa a formação de Paulo Ferreira a sete pontos do 1º lugar.

Hugo Teixeira

GD Bragança regressa à liderança da Divisão de Honra Repsol Gás
Veteranos do Sporting Clube Portugal jogaram em Mesão Frio

Conteúdo relacionado

Menu