Lugares da final de pares ocupados por duplas do Clube Ténis de Vila Real

Os tenistas do clube lamecence, com o apoio do Complexo Desportivo de Lamego e da Junta de Freguesia de Vila Nova de Souto d’El Rei, organizaram mais uma edição do Ténis Clube de Lamego Open.

Tratou-se de uma prova de carácter não oficial, aberta a todos os praticantes (sem obrigatoriedade da licença federativa), visando fomentar e aproximar os diversos adeptos da modalidade, mas que optam por não participar em provas oficiais do calendário da Federação Portuguesa de Ténis. Bem, terão as suas razões…

Os diversos encontros, que contaram com a presença de jogadores provenientes dos concelhos de Lamego, Régua, Vila Real e Tarouca, foram disputados nos dois novos courts do Complexo Desportivo de Lamego, cuja aposta da autarquia revela uma estratégia assente numa perspectiva de qualidade de vida que potencia a generalização da prática desportiva e uma acessibilidade real dos cidadãos ao desporto e à actividade física.

Em singulares, Pedro Teixeira e Nuno Amaral, representantes do CCPAD, disputaram a final. Após os parciais de 3/6, 6/2 e 10/3, o troféu principal ficou na posse de Nuno Amaral. Nos pares, tão do agrado dos tenistas da “Bila”, a final foi preenchida a 100% por atletas do CTVR.

Nesta fase decisiva, estiveram em liça os pares Paulo Padilha / Albano Ledo e Raul Alhais / João Santos.

Num jogo bem disputado, as duplas proporcionaram ao público presente momentos de qualidade, tendo a experiente e rotinada sociedade Padilha / Ledo (na foto) vencido por 6/2 e 6/4. No geral, um fim-de-semana desportivo bem profícuo!

 

Deixar comentário

Comentário