Veteranos: AA Morrem de Pé 2-2 Abambres SC

1
93
Convívio no final

Assistiu-se a um bom espetáculo proporcionado por ambas as equipas, com o resultado a ser uma incógnita até ao apito final.

A equipa do Abambres entrou melhor no jogo, impondo uma pressão alta, e com um futebol de boa qualidade consegue ainda muito cedo chegar ao 1.º golo através da marcação de um livre superiormente executado por Zé Lameirão.

A equipa da casa acusou o golo, não conseguindo impor o seu jogo, muito por culpa da forte pressão exercida pelo Abambres, e poucos minutos após P. Cruz através de um centro remate do lado esquerdo consegue bater Faustino colocando o resultado num 0-2. Justo para o que se tinha passado nas 4 linhas. Por sua vez a equipa da casa, apenas em remates de fora da área, tentava incomodar Facote, sem criar verdadeiro perigo.

Na 2.ª parte a equipa da casa surge mais fresca, devido ao maior número de substituições efetuadas, remetendo a equipa do Abambres para o seu meio campo, criando lances de algum calafrio para Facote. Num desses lances o árbitro assinala uma grande penalidade, existente, contra o Abambres que não viria a ser convertida por Ricardo.

A equipa do Abambres mais cansada pois apenas efetuou duas alterações, dá a iniciativa de jogo à equipa contrária e em jogadas de contra ataque tenta dilatar o marcador. É neste momento que entra no jogo a outra equipa, a da arbitragem, pois num lance de contra ataque, Guerra e Fernando surgem isolados perante Faustino com Fernando a introduzir a bola dentro da baliza sendo o mesmo golo invalidado por fora de jogo inexistente.

No lance imediatamente a seguir a bola é bombeada para a área do Abambres onde o avançado da casa salta com um defensor do Abambres e para espanto de todos o árbitro assinala novamente a marca da grande penalidade que desta vez viria a ser concretizada por Ricardo. Os jogadores da casa agigantaram-se e num último”fôlego” tentam chegar ao golo do empate, o que viria a acontecer já nos instantes finais da partida através de David que na marcação de um livre à entrada da área e após a bola embater num jogador da barreira, consegue bater Facote.

O empate final pode-se considerar justo, devido ao domínio de cada equipa numa parte, mas no entanto não havia necessidade da equipa de arbitragem assumir algum tipo de protagonismo.

Os veteranos do abambres agradecem á Associação as Árvores Morrem de Pé o excelente convívio que nos ajudaram a proporcionar, com os votos de que o mesmo se repita por mais alguns anos.

R.Cruz
Jogo disputado no Complexo Desportivo do Cerco (relvado sintético)

Árbitros:– Luís , Avelino e Sérgio.

A.Arvores Morrem de Pé :- Faustino, Alex, Marco, Fernando, Jerónimo, João, Ricardo, Murillo, Paulo, David e Morais
Suplentes:- Vilaça, Gildo, Pedro, Jaime e Guilherme
Capitão:- Jerónimo
Treinador:– David Martins

Abambres SC :– Facote, Ismael, Ricardo, Raúl, H. Rodrigues, Hélder C., P. Carvalho, P. Cruz, Guerra, Fernando e Zé Lameirão.
Suplentes:– Bruno, Alexandre e Artur.
Capitão:- Ismael
Treinador:– Dex

Marcadores:– Ricardo (gp) e David para AAM de Pé e Zé Lameirão, P. Cruz para o Abambres SC.

Deixar comentário

Comentário

1 comentário

Comments are closed.